quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

TAG: Fallen

    Hello, Sweeties...
Hoje estou aqui com o último post do ano... =(
Quero imensamente agradecer ao carinho de cada um, esse ano foi muito especial para o blog, pois posso dizer que me dediquei de verdade e colhi os frutos. Ao longo desses três anos, o blog pra mim funcionava só quando eu estava a fim, sabe. Lia um ou outro livro, fazia uma ou outra resenha, respondia uma ou outra TAG, mas, nada demais. Após o mês de julho, comecei a fazer mais postagens, e estava planejando fazer o BEDA em agosto, mas, fiquei sem computador. Então, quando o bichinho voltou para as minhas mãos, tive a ideia e o incentivo de vocês para fazer uma versão do  BEDA em setembro, e então surgiu o BEDS. As visualizações aumentaram, meu prazer em estar mais presente também aumentou, criei a rotina de postagens, fiz amigos queridos, participei de sorteios, fui sorteada, o blog realizou sorteio e por duas vezes foi indicado para o Prêmio Dardos Blogger... Enfim, esse cantinho me trouxe bastante felicidade esse ano! E no próximo ano, estarei aqui também! Já vou deixar programado um post para o dia primeiro, pois não estarei em festa com a família, rs! Enfim, bora pra TAG?



Imagem: Tati C.

    Minha querida amiga Tati do blog Tati C.  e a Anya do Entre Um Livro e Outro fizeram essa TAG original e eu fui contemplada para participar, heheh. Os blogs delas são lindos e aconchegantes, o da Tati é todo florido e o da Anya bem colorido e cheio de coisa boa! Corram pra lá! =)
É bem fácil de participar da brincadeira, primeiro é só usar essa imagem acima para a postagem e marcar os blogs da Tati e da Anya. Em seguida, responder os tópicos baseados na série Fallen. Eu não li esses livros, então, não faço a menor ideia de quem são os personagens citados ali, mas, é só seguir o fluxo, rs.

    Bora lá?

1 - Fallen - Um livro sombrio:



Uma de minhas sobrinhas me presenteou com um clássico: O Médico e o Monstro. Ainda não tive coragem de ler, mas, em breve eu crio. Coragem. Ahahaha.


2 - Anunciador - Um livro que deu vontade de adentrar na história:

Imagem: MLC

Todo mundo já sabe que sou uma sereia, rs, o que ninguém sabe é que peguei esse livro sem muita expectativa. No começo achei meio parada a história, mas, lá pela metade do livro eu queria estar na história de todo jeito, só não me decidi se eu queria ser uma Sereia, ou se eu queria estar do lado de fora da água vendo tudo, rs!  A Sereia

3 - Torment - Uma sequência ruim



Crepúsculo. Todos sabem meu desagrado sobre essa saga. O que é mais interessante é que gostei muito do primeiro livro, gostei tanto que li duas vezes, mas, quando cheguei no segundo... Detestei! Ainda bem que peguei emprestado, haha. Se quiserem saber minhas impressões e crítica negativa, rs, é só clicar aqui.

4 - Passion - Um livro que te faz querer ler todas as obras do autor



Pra quem curte livros de época, é só ler um livro de Jane Austen e querer ler todos os outros. Quem ainda não leu, sugiro começar por Orgulho e Preconceito. É tão fácil odiar e depois amar o senhor Darcy (meu amor).

5 - Êxtase - Um livro que te enganou



Em Os 13 Porquês a protagonista deixa fitas cassetes gravadas contando os 13 motivos que a levou ao suicídio. Cada pessoa que recebia as fitas, era responsável por um dos motivos pelo qual Hannah decidiu deixar de viver. Clay recebeu as fitas e ouviu, ouviu tudo. Ele saberia agora o que ele fez que levou Hannah a acumular isso e descontar nos comprimidos. O que o Clay fez não vou contar, só falo que fui enganada, heheheh. 

6 - Unforgiven - Uma decepção imperdoável



Gente, tive uma decepção tão grande com Caleb... A Tris sempre falava de quão abnegado era seu irmão, quão bondoso e querido ele era, me decepcionei muito ao ver quem ele realmente era... Minha decepção e a da Tris foram igualzinhas, rs! Em Divergente ele era um, em Insurgente ele era outro e em Convergente ele ainda se superou! Decepção total! Pensa na minha felicidade quando li que a Tris socou ele, hahahahahah...

7 - Luce - Um livro pelo qual você não dava nada, mas, no final a leitura "pegou fogo"

Imagem MLC


 Pra mim, Como Eu Era Antes de Você era só uma modinha adolescente que logo ia passar. Mas, acabei me rendendo aos encantos de Will Traynor e li. No começo eu não dava muito pelo livro não, achei meio massante apesar de logo de cara ter adorado o humor ácido de Will. Depois eu comi o livro e quase morri de chorar no final, mesmo a mala da minha sobrinha ter me contado que... Enfim! De adolescente não tem nada, ao contrário, uma história bem adulta com problemas adultos.

8 - Daniel - Um personagem romântico





Quem gente? Nem vou falar muito, mas, esse prêmio vai para meu marido literário Peeta Mellark dos Jogos Vorazes.

9 - Cam - Um vilão que rouba a cena



No livro A Hospedeira vilã é a Buscadora. Cara, ela é uma personagem e tanto no livro, as cenas dela são fortes, com diálogos bem elaborados e inteligentes. Nas telonas foi interpretada maravilhosamente pela atriz Diane Kruger, a parente do Freddie Krueger. Aff, que piada tosca! Momento mula, me ignorem! (Tava demorando!)

10 - Um personagem que te enganou direitinho



Minhas palmas vão para Severus Snape da saga Harry Potter. Já disse isso aqui uma vez. Ele era odioso sim, mas, no final das contas, ele era todo amargo com um motivo forte. Não justifica, mas, dá pra entender. E vou te falar: me enganou direitinho! Nunca esperava o que a autora planejou pra ele!


    Então é isso, amores! Para brincarem comigo indico os blogs:



Agradeço novamente, Tati, obrigada por me indicar! 

    Sweeties, quero desejar um feliz ano novo cheio de bênçãos!
Um abraço apertado, e é claro um beijoooooo! =)




***Imagens da internet

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Retrospectiva 2016

    Olá pessoas, tudo bem?
Como os canais de TV estão fazendo suas retrospectivas, também vou fazer a minha retrospectiva de leituras desse ano. Li as coisas mais variadas, de HQ's até clássicos da literatura mundial. Infelizmente, não consegui cumprir a meta de leitura do ano, pois em março eu simplesmente parei de ler - não sei o motivo - e só voltei a ler lá em agosto. Então, não dá pra fazer o mês a mês, ok? E também não coloquei por ondem, fui colocando conforme fui lembrando, hahahah...

    Bora lá? 



Imagem da internet




Imagem: Mundo Literário da Cecy


Imagem: Mundo Literário da Cecy


Imagem: Mundo Literário da Cecy



     Pois é galera, foram esses 31 no total entre livros e gibis encadernados. Claro que não contei os livros com menos de 100 páginas, senão, aumentaria consideravelmente, rs. O curioso é que os dois últimos livros da lista foram os dois primeiros lidos no ano, rs.

    Amanhã volto pra responder a TAG que a Tati me indicou, e depois, só ano que vem! O ano está acabando, mas, as esperanças precisam se manter com as chamas sempre acesas!

Beijooooo




terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Os Menos - Menos do Ano

    Oláááá amores, tudo bem?
Estou bem também. Apesar de não beber, posso dizer que estou de ressaca do natal. Sábado de manhã fui para a igreja, mas, assim que voltei pra casa já me deparei com algumas das minhas sobrinhas. A tarde e a noite foram bem agitadas. Sobremesas, salpicão, bolo de banana com damasco, salada de frutas, cortar as frutas e decorar a mesa... Para depois todo mundo comer e o nosso trabalho ter sido literalmente devorado, hahah. Mas, valeu a pena, foi ótimo receber a família!

    Na semana passada fiz um post contando os livros mais amados desse ano, agora vou falar um pouquinho sobre os que eu não gostei tanto assim ou que me agradaram menos. Bora lá?

Meu Romeu - Leisa Rayven




    Não sou muito fã do gênero New Adult, mas, em alguns casos eu dou uma chance. Resolvi começar com esse. Não gostei! Nem pelo fato de ser New Adult, nem pelo enredo, acho que o enredo tinha tudo para dar certo, mas, tive a sensação que a autora se perdeu no meio do caminho e minha cabeça deu um nó total. Muito mimimizento: "Eu não posso aceitar o Holt de volta, mas, eu quero, mas ele me destroçou, mas eu ainda o amo, mas, ele acabou com minha autoestima, mas, só ele pode me devolver a vida..." Muito chato. Não quis ler o segundo.

A Lista Negra - Jennifer Brown



    Gente, não me entendam mal, eu gostei muito desse livro, muito mesmo! Mas, de todos os que eu li, achei que esse foi um dos mais fracos. A trama é ótima, com diálogos incríveis, chorei em algumas situações, mas, confesso que o final deixou a desejar um pouco, por isso ele está aqui nos menos-menos! Resenha aqui.

Viagem ao Centro da Terra - Julio Verne



    Eu gostei de Viagem ao Centro da Terra, mas, achei a leitura bem exaustiva. Não posso negar que Julio Verne era um gênio por imaginar coisas muito a frente do seu tempo (e ainda vou ler Vinte Mil Léguas Submarinas). 


31: Profissão Solteira - Claudia Aldana



    Claudia Aldana é jornalista é fã de Sex and City e decidiu fazer como uma das mulheres da série, usar as iniciais do seu nome, criar um pseudônimo e escrever um livro com suas colunas. Deu certo, ela criou Consuelo Aldunate e a coluna 31: Profissão Solteira. Pena que eu não gostei. Algumas coisas me fizeram rir bastante, mas, num geral, não curti, não! Ainda bem que paguei só R$10,00 nesse livro, teria ficado muito brava se tivesse custado caro, rs!


    Então, amores, é isso. Esses foram os menos queridos do ano. Volto a falar que Viagem ao Centro da Terra é bom, mas, não se encaixa entre os mais mais do ano. E você, já fez sua lista?
Amanhã vou fazer uma retrospectiva dos lidos durante o ano, espero vocês por aqui!

Beijooooo


***Imagens da internet



domingo, 25 de dezembro de 2016

Merry Christmas

    Olá chuchu, tudo de boa?
Só passando pra desejar um feliz natal cheio de bênçãos e graça à todos!



    Não nos esqueçamos que o verdadeiro significado do natal é o nascimento de Jesus, para que nós tivéssemos vida em abundância!

Beijoooo =)



sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

TAG: Eu Nunca Imaginei

    Olá, meus chuchus, tudo bem?
Ontem passei muito mal e não consegui postar nada, mas, estou aqui me redimindo em um post extraordinário. Não que ele seja demais, só é extraordinário, porque é fora do comum mesmo, hahaha.

   Uns dias atrás a Tay do Indicar Livros me chamou para responder essa TAG show de bola. Vocês já conhecem o Indicar Livros, certo? Pra quem nunca esteve por lá, vale a pena.  A Tay é um amor e está sempre disposta a responder as perguntas e conversar com a gente pelos comentários, sempre com muito carinho.

Imagem: Mundo Literário da Cecy


    Essa TAG consiste em responder o pequeno questionário abaixo, escrevendo em um papel. Pra mim não é problema, adoro escrever. Meus alunos que o digam, quando estou de mau humor, haja giz, hahaha.

Bora lá?


As questões são:

1 - Escreva o seu nome;
2 - URL do seu blog;
3 - Escreva: "The quick brown fox jumps over the lazy dog" (A rápida raposa marrom salta sobre o cão preguiçoso);
4 - Citação;
5 - Música favorita no momento;
6 - Cantor/banda favoritos no momento;
7 - Escreva o que quiser;
8 - Indique três blogs.


Imagem: Mundo Literário da Cecy


  Se não der para ler, clique direto na imagem que ficará melhor. 
Tenho duas letras diferentes, uma mais pedagógica para usar em sala de aula e a minha mais relaxada, que eu uso no dia a dia. Aqui nessa imagem, posso dizer que há uma mistura de ambas, hahahahah...
#Na citação, escrevi a minha frase favorita da vida,mas, ela não pertence a mim, pertence a Einstein.
#You Raise me Up não é a minha música favorita, mas, no momento estou curtindo todas as versões possíveis dela (minha favorita sem dúvida é Amazing Grace).

    Para responder essa TAG eu desafio a Tati do blog Tati C, a Karina do Paraíso dos Livros e a Luli do Café com  Leitura na Rede. Claro que eu ia colocar vocês nessa, rs.

    Agora, duas notícias, uma boa e uma ruim.

    A boa é que para os Whovians de plantão, esse final de semana tem Especial de Natal de Doctor Who saindo, eeebaaaaaaa!!!!! \o/\o/\o/\o/. Não vejo a hora! Como não teve temporada esse ano, o Especial de Natal é mais do que esperado!!! Doctor Who rocks!

    E a notícia ruim é que nossa querida amiga Hellen Barros do Blog Uma Garota Quase Geek (antigo Apenas Giz) hoje desativou o blog. Ela teve uns contratempos meio chatos e perdeu a vontade. Há duas semanas o perfil dela do G+ foi simplesmente apagado. Provavelmente ela postou algo em alguma comunidade que alguém não gostou e denunciou o perfil dela. Não sei com qual intuito, uma vez que o blog dela não infringia nenhuma das leis do Google Plus, mas, enfim, ela nem foi avisada pelo site nem nada, simplesmente desapareceu o perfil. Aí ela deu uma desanimada legal, tentou enviar e-mails para o Google, não obteve resposta, tentou mudar o e-mail, fez um monte de coisa, e nada deu certo. E ainda por cima, lembra que ela tinha dito que estava cuidando da vozinha dela, né? Juntou tudo isso, e resultado: ela perdeu o ânimo e agorinha de pouco me enviou uma mensagem  no celular dizendo que excluiu o blog. =(
Uma pena, eu era seguidora antiga e assídua, gostava muito do cantinho dela, mas, foi a decisão que ela tomou no momento. Vamos torcer pra essa fase ruim passar logo, né? Mas, Hellen, ainda te amamos!!!

    Enfim, amores, provavelmente amanhã ou domingo só vou passar aqui pra dar um feliz natal e boas festas, mas, quero deixar meus sinceros votos de felicidades. Boas festas amores, e que o Criador e Mantenedor do universo esteja em nossos corações!

Beijooooo

Para Hellen

Imagem da internet

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Amados de 2016

    Olááááááá Enfermeira!
(Vixi, só quem é mais velho vai me entender, ahahah....)


   E hoje tem dois posts pra compensar o que não teve ontem, rs. Como eu já disse no post anterior, o Natal é a minha época favorita do ano, então, esse mês teremos posts fofos e amorosos, assim como o Natal.

   Agora, vamos ao foco. Sapeando pelos blogs favoritos da vida, me deparei com um post muito legal no blog da Mônica, o Leitora Cretina, vocês conhecem? Não? Estão perdendo tempo, corram lá. Eu adoro! Quer uma dica de New Adult? A Mô tem várias por lá! Então, lá no Leitora Cretina eu encontrei um post dos favoritos do ano, e resolvi fazer também, mas, não se preocupem, já pedi autorização, hahaha. Foi muito difícil separar apenas alguns, li muitos livros bons esse ano, mas, após muito choro e ranger de dentes, separei 12 como os melhores do ano.

Bora lá, então?



A Princesa do baile da Meia-Noite - Jessica Day George - fófis!

Imagem da internet


Dançando Sobre Cacos de Vidro - Ka Hancock - me destruiu!


Imagem: Mundo Literário da Cecy


A Sereia - Kiera Cass - fófis, fófis, fófis, fófis!



Imagem: Mundo Literário da Cecy

Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes - duas vezes mais destruída!

Imagem: Mundo Literário da Cecy


Eu Estive Aqui - Gayle Forman - surpreendente!


Imagem: Mundo Literário da Cecy


Marvels - Kurt busiek & Alex Ross - mais surpreendente ainda!


Imagem da internet


Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven - ai, meu coração! Desidratada! Com certeza o melhor do ano!

Imagem da internet


Os 13 Porquês - Jay Asher - inesquecível!


Imagem da internet



Imagem da internet



Quarteto Fantástico - O Fim - família é tudo!

Imagem da internet



Poseidon - trama recheada de reviravoltas e gostinho de quero mais. Resenha em breve.

Imagem: Mundo Literário da Cecy


Sereia - drama, suspense e amor. Resenha em breve.

Imagem: Mundo Literário da Cecy

    Deu pra notar que os melhores foram os piores, né? Quer dizer, a maioria me destruiu, e foram os melhores que li... Acho que sou masoquista, hahaha...

    Então povo, aqui está a minha contribuição. E você que está lendo, já fez o seu "mais mais" do ano? Que tal começar sua lista agorinha? Aliás, agorinha não, visitem o Leitora Cretina primeiro, depois façam a listinha, rs.

Beijooooo

Para Mônica - Christian Grey (amo Jamie Dornan, meu eterno Caçador)


Poema de Natal - Vinícius de Moraes

    Olá, amores, tudo de boa como vocês?
Natal é com certeza minha época favorita do ano. As pessoas ficam mais amorosas e parecem se lembrar mais sobre nosso Criador. Apesar de natal lembrar presentes e Papai Noel, não devemos nos esquecer que é também a representação do nascimento de Alguém muito especial. 



    Então, sapeando por aí, descobri que um dos meus poetas favoritos escreveu um poema com o nome "Poema de Natal", mas, tem um significado muito, mas muito estranho para essa época, hahaha. Não fala sobre a decoração, os sinos e as luzes, ou sobre Papai Noel, mas, traz uma dor na alma tão forte que nos deixa muito pensativos. O que estamos plantando hoje?



Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos - 
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.

Assim será a nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos - 
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.

Não há muito que dizer:
uma canção sobre um berço
Um verso, talvez, um amor
Um prece por quem se vai - 
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.

Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte - 
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos imensamente.


    E aí, o que acharam? Quem quiser ouvir também, tem o link no YouTube, é só clicar aqui.


Beijooooo

sábado, 17 de dezembro de 2016

Resenha #40 - Depois de Você - Jojo Moyes

    He - eyyyy!!!
Em minha defesa: meu sobrinho que nunca tem folga teve folga ontem e veio com a esposa e os filhos nos visitar. Quando eles estavam indo embora, minha irmã e meu cunhado chegaram. Não deu pra chegar perto do computador. Mas, hoje estou aqui para compensar o post não feito de ontem.

Imagem: Mundo Literário da Cecy

    Então, para não perder mais tempo, bora pra resenha? Ah, se você não leu Como Eu Era Antes de Você, talvez não seja interessante ler essa resenha, pode conter spoiler desnecessário, ok?

SINOPSE: Quando uma história termina, outra tem que começar.
Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos, Como Eu Era Antes de Você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado milhares de fãs de Jojo Moyes.
    Em Depois de Você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga a voltar para a casa de sua família, mas também permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
    Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

Imagem: Mundo Literário da Cecy

    Após essa sinopse, quase não tenho muito o que falar, né? 
Enfim, Lou está desolada por ter perdido Will. Vive se culpando se poderia tê-lo salvo ou não. Após voltar de Paris ela passa um tempo viajando e compra um apartamento em Londres, sua mãe ainda não fala com ela e as conversas por telefone com seu pai e irmã não duram muito. Ela trabalha, volta pra casa e bebe. Trabalha, volta pra casa e bebe. E assim segue seus dias. Uma das noites ela vai para o terraço do prédio e sobe no muro de segurança, gritando como uma louca, quando ela ouve uma voz e se assusta. Resultado? Lou despenca do prédio! Vai parar na varanda do quinto andar destruindo uma cadeira de praia e um toldo. Ao ser amparada por paramédicos, Lou se desespera com a possibilidade de ficar paralisada. Após muita anestesia, Lou finalmente acorda e dá de cara com sua mãe. Muito tempo se passou desde que ela saiu de casa para ir para a Suíça com Will - quando sua mãe deixou de falar com ela - e apesar de ser um momento ruim, Lou ficou muito grata por ela estar ali perto.

    Ao voltar para a cidadezinha onde morava, Lou notou que as pessoas ainda se incomodavam e até mesmo a culpavam pelo que aconteceu com Will, e após alguns meses quando já estava praticamente recuperada, ela decide voltar para casa. Além do mais, para piorar tudo, sua família está convencida de que ela na verdade se jogou do prédio numa tentativa de suicídio e não acreditam em outra possibilidade. Seu pai então a faz prometer que ela frequentará um grupo de apoio para pessoas enlutadas como condição para ela ir embora. 

Imagem: Mundo Literário da Cecy

    Lou parte novamente para casa, volta para seu emprego medíocre com um novo e odioso chefe, um uniforme ridículo e passa a frequentar o grupo de apoio. Ela encontra bons amigos nesse grupo, e um dia ao término de uma sessão, ela vê que o paramédico que a resgatou estava lá para buscar o mais jovem membro daquele grupo. Lou nota o quão bonito e agradável ele é, e como ele claramente flertava com ela, mas, se afasta por não se sentir preparada para estar com ninguém. Uma noite, quando ela estava completamente sem perspectivas, alguém bate em sua porta. E quando ela menos imagina que tudo pode mudar, lá está a vida a surpreendendo novamente. Quem está em sua porta é Lily. Uma moça linda, esperta e que traz o passado recente de Louisa à tona. Ela agora precisa saber como encarar tudo o que lhe espera e encaixar Lily em sua vida.


Imagem: Mundo Literário da Cecy
    Muita água rola por aí. Lou precisa bancar a mãe de Lily uma vez que a mãe da menina lança a filha à própria sorte, precisa colocar seus sentimentos em ordem, pois está envolvida com Sam, mas não consegue esquecer Will e a sensação de que está traindo sua memória a abate e ainda por cima, precisa urgentemente arrumar um emprego decente. Uma proposta surge, decisões precisam ser tomadas, Lily e Sam estão cada vez mais íntimos e com um lugar cada vez maior no coração de Louisa. O que ela deve fazer? Como deixar o passado pra trás se ele literalmente bateu em sua porta? E pior: como deixar o passado se ela não quer esquecer o que viveu?


Imagem: Mundo Literário da Cecy

   Eu poderia responder todas as perguntas, mas, eu não quero! Ahahahahaha!!! Leiam pra saber! Eu finalmente consegui fazer uma resenha sem soltar spoilers, hahahah!!! FELICIDADE!!!

    Sabe, esse livro me deixou muito brava com Louisa, principalmente pelo fato de eu ter notado o quanto sou parecida com ela. Ela também é uma personagem muito real, é muito fácil escrever livros com personagens que são extremamente bem sucedidos, ou tão mal sucedidos que sabemos que ninguém pode ser tão azarado assim, mas, dificilmente lemos um livro onde o protagonista passa pelas dificuldades comuns do dia a dia, e isso é tão legal! Quando digo que tenho bronca de Lou, é porque notei que caso fosse eu quem estivesse no lugar dela, provavelmente deixaria as oportunidades passarem pelo mesmo motivo. Lou é empática demais, e isso acaba atrasando a vida dela, sempre pensando nos outros, na felicidade do próximo, mas, nunca nela mesma. E eu faria igualzinho. Por isso a bronca, hahah... Ou seja, aprendi com esse livro que às vezes preciso pensar em mim, e isso não é um ato egoísta!

    Agora, falando sobre a capa: me surpreendo com os detalhes tão meigos das capas das obras de Jojo. Simplesmente perfeita a silhueta de um pássaro levantando voo em um campo com relva baixa. Pra mim fala muito sobre o livro. Will sempre incentivava Clark a crescer em sua vida, sair de sua zona de conforto, e, para mim, o pássaro representa Louisa finalmente tomando as rédeas para controlar sua vida. De repente, pode não ser nada disso, mas, pensei dessa forma. Eu recomendo, gostei bastante!

Depois de Você  (After You ) - Jojo Moyes - 320 páginas - editora Intrínseca.
    
    Então é isso, amores, vou ficando por aqui! Te cuidem, e até terça! ~.^

Ah! Eu ainda não falei pra vocês que estou navegando nas águas misteriosas do Skoob! Ainda aprendendo mexer naquela jossa, mas, aos pouquinhos vai, rs! Eu quis colocar a estante do Skoob aqui no painel, mas, ficou enorme e horrível, então, vou deixar o link direto mesmo, rs!

SKOOB

Beijoooooo

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

TAG: Com Que Filme Vou

    Oi corações, tudo bem?
Gente, São Paulo ficou louca: estamos em um inverno fora de época aqui! Domingo e segunda choveu o dia todo, terça fez muito sol e ontem e hoje está muito frio! Para se ter uma ideia estou debaixo das cobertas, rs! o.O




    Hoje vim responder uma TAG muito legal que a Hellen Barros do blog Uma Garota Quase Geek (antigo Apenas Giz) me indicou, que consiste basicamente em assimilar situações para assistir filmes. 
     As regras são muito simples:
  • Colocar o link do blog que te indicou;
  • Indicar mais cinco blogs para responder a TAG
   Bora lá?

    

  • Um filme para assistir sozinha:

Eu assisti O Despertar de uma Paixão pela primeira vez no Paraná em 2009 e em 2014 assisti novamente. É um drama forte com uma linda história de amor de plano de fundo. E as duas vezes eu estava sozinha, então...
  • Um filme para assistir quando está chovendo:

O Grande Hotel Budapeste é um filme fantástico! Assisti com minha sobrinha em um dia chuvoso e assim que li essa pergunta me veio imediatamente esse filme na cabeça. Um super elenco - praticamente todo irreconhecível - uma história hilária e muito bonitinha!
  • Um filme para te fazer dormir:

Me julguem! Detesto Chaplin e tudo o que me lembra ele. Grande pensador, mas, detesto seus filmes. Na época da escola tivemos que assistir Tempos Modernos e eu dormi, na facul tivemos que assistir, e a professora "fia duma égua" se sentou ao meu lado para acompanhar, e não deu para dormir, rs. Na metade do filme ela perguntou o que havia de errado comigo, e eu disse que estava com sono. Ela se espantou, e após aquele filme enfadonho acabar ela comentou que não me viu sorrir em momento nenhum do filme, e ficou indignada quando eu disse que não tinha achado graça. Não achei mesmo, ué! Ainda coloco nessa lista O Gordo e o Magro, Os Três Patetas, Mazzaropi... =/
  • Um filme para assistir bêbada:


Não sei, nunca fiquei bêbada! Não bebo, mas, acho que se estivesse bêbada, eu provavelmente não assistiria nada, iria querer dormir, haha!
  • Um filme para assistir enquanto você está fazendo outra coisa:

Eu amo de paixão o filme Ela Dança, Eu Danço. Já assisti várias vezes, e como a trilha sonora é ótima, dá pra fazer outras coisas e curtir o som! =)
  • Dois filmes para serem assistidos em sequência:

O Diário de Bridget Jones e Bridget Jones: No Limite da Razão. Os dois livros são ótimos e os filmes são muito hilários! Renée Zellweger, Hugh Grant e Colin Firth estão sensacionais! Eu adoro! E, não podia deixar de colocar esse gif com minha cena favorita do primeiro filme: a briga de Clever e Darcy ao som de "It's Raining Man" na voz de Geri Halliwell. Demais!!! 




  • Um filme para assistir acompanhada:

Há mais ou menos um ano, minha sobrinha Quesia e eu fomos ao cinema sem planejar nada e compramos entradas para Pegando Fogo. Não tínhamos ideia do que encontraríamos, mas, saímos de lá encantadas! Bradley Cooper, Sienna Miller e Omar Sy formam um grande trio de cozinheiros em um grande restaurante de Londres. A Quesia quer ser chef, ela amou um filme sobre gastronomia com Bradley Cooper protagonizando como chef. E ele realmente ficou muito sexy em meio as panelas, hahahah...
  • Um filme para assistir com os amigos:

Assisti O Juri uma vez só com meus amigos, e passamos horas discutindo sobre o filme depois.
  • Um filme para assistir com a mãe:


Pensei em vários, adoro assistir filmes com minha mãe, mas Lisbela e o Prisioneiro é um dos que me lembro de termos curtido muito. Selton, Nanini, Falabela, Cavendish e Garcia dão um show de interpretação e sotaque nessa hilária adaptação. Além da trilha sonora mara de Caetano (agora/que faço eu da vida sem você/você não me ensinou a te esquecer/você só me ensinou a te querer/e te querendo vou tentando te encontrar...) e Elza Soares (sei que aí dentro ainda mora um pedaço de mim/um grande amor não se acaba assim/feito espumas ao vento...)
  • Um filme para assistir com o pai:

Pensei em vários nessa também. Pensei em O Dólar Furado com Giulliano Gemma, pensei em Transformers que foi um dos últimos filmes que assisti com meu pai, mas, com certeza, me lembro de termos curtido muito Wasabi com Jean Reno. Meu pai curtia muito filmes de ação, esse é um clássico!


Então é isso, amores. Já assistiram algum desses filmes? Eu adorei essa TAG, Hellenzinha, gracias por me indicar. Para responder a TAG eu indico:


Para Luli, Colinf Firth como Mr. (Mark) Darcy de Bridget Jones.

"Eu gosto muito de você. Do jeito que você é."


Beijooooo! =)

***Imagens da internet
Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por