segunda-feira, 11 de julho de 2016

Resenha #23 - Marvels - Kurt Busiek e Alex Ross

    Olá, meus amores, tudo bem com vocês?
    Comigo está tudo ótimo, tirando o fato que eu tive as férias mais curtas da minha vida... Nos deram seis dias de férias, acredita? Pois é, fazer o quê? Mas, deu pra descansar - mais ou menos, afinal um de meus irmãos "desovou" as filhas aqui em casa, então, esquece esse negócio de não fazer nada, hahaha... Mas, eu as amo de paixão e não troco esses momentos com elas por nada!
    E hoje estou aqui para falar sobre uma de minhas paixões que nunca tinha pensado em postar, mas, acho que essa paixão também merece um espacinho aqui: as HQ's. O esposo de minha sobrinha mais velha é HQ Maníaco, e resolveu comprar toda a coleção da Marvel da Salvat, e eu, como fã de HQ's que sou tive a brilhante ideia de pegar emprestado dele os quadrinhos, assim, eu não compro e posso ler todas. Viu como sou esperta? Hahahah. Ainda bem que ele confia em mim. Valeu, Cesar! 
    Então, vou começar resenhando a HQ Marvels, e em breve eu coloco as outras, ok? Se eu fosse descrever essa HQ em uma palavra, eu demoraria horrores para encontrar uma. É simplesmente sensacional. 
    Bora lá?


**** ALERTA DE SPOILER!!! ****

    A história já é diferente em si, é diferente de qualquer HQ que eu li, pois ela não é contada do ponto de vista do herói ou apenas narrada. Ela é contada pelo ponto de vista de uma pessoa comum, como você e eu. Confuso? Vou tentar "desconfundir" então - acho que inventei uma palavra, rs!
    Phil Sheldon é um jornalista fotográfico, cidadão comum, totalmente dedicado ao seu trabalho, noivo que sonha em dar um lindo lar para sua futura esposa, e sonha em ser repórter de guerra, mas tudo ao seu redor muda quando ele é chamado para cobrir uma matéria e se depara com um super-humano. Ele fica apavorado e ao mesmo tempo maravilhado. O jovem fotógrafo vê em primeira mão um homem que tem a capacidade de se tornar inflamável e sair voando por aí, sendo chamado então de Tocha Humana (não confundam com o Tocha do Quarteto Fantástico). Mas os humanos não estão preparados para isso, e o super-humano ao mesmo tempo que causa pavor em uns, causa admiração em outros. Sheldon está presente quando a primeira batalha acontece entre Tocha Humana e príncipe Namor, e, encantado com tudo isso, ele apelida os super-humanos de "Maravilhas" e, ele então, passa a seguir todos os passos das "Maravilhas" tirando fotos incríveis, e quanto mais fotos ele tira, mais encantado ele fica com o que vê. 
    Outros heróis eram vistos de maneira mais amigável, pois a HQ se passa durante o período de guerra, e ver o Capitão América, o herói patriota tirou um peso da população em geral. E os acontecimentos da HQ se alternam com a Segunda Guerra Mundial e o efeito que esta traz a todos. Vemos a aversão da população aos mutantes e o que eles são capazes de fazer com um deles, e temos ainda aqui a ascensão de J.J. Jameson, de um simples repórter ganancioso ao chefão do Clarim. Tem até algo interessante, Sheldon está conversando com Jameson e Peter Parker entra oferecendo fotos "comprometedoras" do Aranha. Sheldon fica horrorizado com a cena e amaldiçoa até a última geração de Parker, sem saber que este é o Homem Aranha. Sheldon fotografa o casamento de Sue Storm e Reed Richards do Quarteto Fantástico, Os Vingadores em ação, o Homem Aranha salvando o dia, Namor e Tocha Humana trabalhando juntos após o período de luta, e, o Príncipe Aquático revoltado novamente jogando tanques de guerra pelos ares. E o que mais incomodava Sheldon era o fato de as pessoas se esquecerem tão rápido do que as "Maravilhas" faziam e logo os culpava por desastres, afinal, com os heróis, sempre vêm os vilões, certo?

    E não podia ser diferente! Super vilões aparecem e causam o pânico, mas os heróis estão sempre lá para salvarem o dia. Sheldon se dedica tanto ao se trabalho que deixa de lado sua vida pessoal, prejudicando assim o seu noivado. Porém, ele retoma - ou tenta - sua vida, se casa e tem duas filhas, mas, sempre incentiva suas meninas a acreditarem nas "Maravilhas", que eles nunca os abandonarão. 
    Já mais próximo do fim, temos o que talvez seja a cereja do bolo. Pra mim o ápice da história acontece quando Sheldon vai investigar o assassinato do Capitão Stacy para seu segundo livro sobre as "Maravilhas". Jameson acusa o Aranha - jura?!? - e Sheldon se recusa a acreditar nisso, então, ele próprio procura Gwen Stacy para que ela conte para ele o seu lado da história sobre a morte de seu pai e se ela acredita que o Aranha tenha sido o responsável pela morte do Capitão. Eles têm uma conversa gostosa e Sheldon vê que assim como ele, alguém mais enxerga os super-humanos como uma bênção, até que ele vê em sua frente uma das cenas mais tristes e aterradoras de sua vida - e um marco nos quadrinhos, com certeza.
    A partir desse momento, o mundo simplesmente perde a cor para o jornalista. Ele não consegue mais escrever, tirar boas fotos, comer, trabalhar, viver. Nem ele mesmo sabia o quanto ele era dedicado ao seus trabalho e, em como o ser humano pode perder a fé tão rápido nas coisas e pessoas. Então, Sheldon toma uma decisão que mudaria pra sempre o rumo de sua vida, e só lendo a última página para saber. 



    Vou parar de escrever, pois estou quase contando tudo, rs! Eu fiquei encantada com a história! Vale muito a pena, gente! O único problema é que é as edições são muito caras, mas, pra quem é colecionador, vale a pena. Os gráficos são lindos, os desenhos perfeitos, os ilustradores passam através das imagens exatamente aquilo que eles querem que o leitor imagine: dor, sofrimento, alegria, raiva, admiração...

    Fica aí a dica, amores! Pra quem gosta dos filmes da Marvel, mas nunca leu os quadrinhos, leiam. Esses tempos atrás fiz um passar vergonha, pois ele me disse que sabia tudo sobre a Marvel, e quando eu comentei que tinha lido uma HQ do X-Men onde o Banshee tinha perdido seu poder, e a pessoa me olhou com a maior cara de "ué?", rs! Essa é a dica principal para todos os fãs de filmes de super-heróis: leiam as HQ's, tenho certeza que seu ponto de vista de alguns heróis - e vilões -  vai mudar, e você nunca mais verá os filmes com os mesmos olhos, hahaha!

   Ótima noite, amores, estava com saudade! ^.^

    Beijoooo! 



    

8 comentários:

  1. Oiii Cecy! Adorei o seu post, meu namorado é muito fã da Marvel, ele já leu alguns HQ's e está louco por essa coleção kkkk eu estou aprendendo a gostar por causa dele! Mas até agora só vi alguns filmes, depois vou partir para os HQ's.

    *Beijokas -Hellen Barros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, seu namorado é dos meus então,rs, adoro Marvel. E você vai se empolgar com as histórias, são tão fortes, tão da hora... Aproveite e entre na onda!

      Beijoooo! =)

      Excluir
  2. Cecy ♥
    eu amei seu post, apesar de gostar de super heróis eu nunca li as HQs. Mas queria muito ♥
    Eu já fiquei curiosa pra saber o que aconteceu que mudou a forma como ele via os heróis.
    Acho que vou começar a comprar, aos poucos :)
    ótima semana
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati, hei, tudo bem? 💕

      Eu sempre li HQ de super-heróis,mas,confesso que agora que sou adulta acho muito mais empolgante, haha. Os exemplares são bem salgados,mas,são tão bons de se ler... Pra quem não é colecionador, mas, quer conhecer, existem exemplares mais simples, em papel jornal que custam menos que a metade do preço... Fica a dica! 😋

      Beijoooo! ^.^

      Excluir
  3. ADOREI, O POST E A RESENHA, 6 DIAS DE FÉRIAS (ó).
    http://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostou, em breve chega mais uma! ^.^

    Beijoooo!

    ResponderExcluir
  5. Com certeza você foi esperta! Eu bem que queria que alguém próximo a mim fosse maniaco e comprasse todas para que eu pudesse ir lá pega hahaha, tenho 3 volumes dessa coleção da Salvat e não tenho Marvels, depois de sua resenha... cheguei a conclusão que preciso dela!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Pandora, tudo bem? Olha, como sou maníaca por livros, meu sobrinho confia em mim, mas, imagino o desespero dele, hahaha... Essa Marvels é demais, vale a pena mesmo!

    Beijoooo! ")

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por