terça-feira, 20 de setembro de 2016

BEDS - Post nº 20 - Resenha #30 - A Princesa do Baile da Meia-Noite

    Hello, Sweeties...
Ontem eu perguntei qual deveria ser a próxima resenha. Tive poucos votos, quero agradecer a todos! Hilton, Hellen, Tay, Babi, os votos de vocês foram importantes. Não se preocupem, resenharei todos, mas, vou começar por esse. 

Amo essa capa, olha que lindeza!

    Pra quem conhece o conto de fada, a história não é muito diferente, mas é escrita de uma maneira mais adulta e sombria. Estou gostando muito de ler esses recontos, sabe. Já tenho A Fera (A Bela e a Fera), A Garota da Capa Vermelha (Chapeuzinho Vermelho - ainda não li), Branca de Neve e o Caçador, e agora esse. Quero mais livros desse tipo! Bora pra resenha, então? MUITO SPOILER!!!

    A rainha Maude faz um acordo com o rei Sob Pedra: ela dançaria por doze anos em troca de Westfalin vencer a guerra. Porém, ela deveria dançar mais alguns anos pelas filhas que Sob Pedra concedeu à ela. Maude era estéril, e fez um acordo com o rei do subterrâneo, dançaria em troca de um herdeiro, Sob Pedra muito esperto, deu um jeito de Maude ter doze filhas, para que elas pudessem ser esposas de seus doze filhos.
    Galen era um jovem soldado de dezenove anos, cresceu no meio da guerra e após a morte de seu pai, teve a honra de lutar em seu lugar. Sua mãe e irmã faleceram de doença. Sem ninguém no mundo, Galen parte para Westfalin em busca de sua tia Liesel, a única parente viva dele. No caminho para lá, encontra uma velha que lhe pede comida, e o pouco que ele tem, divide com a senhora, que lhe dá dois presentes: uma capa da invisibilidade (será que algum descendente dele foi para Hogwarts? Hahaha... Okok, momento mula!) e dois novelos de lã: um branco e um preto. Ela lhe disse: "Uma prende a outra protege. Preto como ferro, branco como cisne". Galen não entendeu nada, e após recusar várias e várias vezes, aceitou os presentes. Ao chegar na casa de sua tia, logo conseguiu um emprego nos jardins do palácio com seu tio, mestre Reiner Orm.



     Galen então vai trabalhar no castelo e fica sabendo de algumas coisas no mínimo esquisitas ao fazer parte daquele cotidiano. A cada três dias, as princesas acordavam muito exaustas e com as sapatilhas de dança gastas. O rei Gregor não entendia como suas filhas gastavam sapatilhas de baile cada vez mais gastas. Westflain estava falida, e ele precisava de apoio do exterior para tentar reerguer o seu reino. Como Maude fazia falta! A rainha já tinha falecido há quatro anos, mas ele ainda sentia muita falta dela, suas filhas também. Então, ele chama o príncipe da Espanha para fazer uma visita ao palácio, e ainda lança um desafio: se ele desvendar onde as princesas passam a noite, ele lhe dará uma delas em casamento. O príncipe chega, mas, não tem sucesso e uma semana depois, acaba indo embora derrotado. Outros príncipes chegaram e todos foram embora derrotados. Galen soube depois que os homens todos morreram de maneiras terríveis!
    Galen era um ótimo ajudante de jardineiro, e juntamente com Walter, trabalhavam em determinada ala do jardim sem serem interrompidos pelos outros. A mais velha das filhas do rei, um dia passeando pelo jardim de sua mãe, teve um encontro inusitado com Galen: assustou-se com a aproximação do rapaz e caiu na fonte. Ele a ajudou e ambos se encantaram imediatamente um pelo outro. Rosa - a mais velha - fica doente e acaba passando a doença para as outras, o médico desconfia de pneumonia. Uma noite, criaturas estranhas invadem o jardim do palácio e Galen e Walter conseguem espantar os seres imensos que tentavam escalar a janela do quarto das princesas, e o rapaz fica cada vez mais curioso com o mistério que envolve as princesas.



        Galen então, com muito custo consegue autorização do rei para tentar descobrir onde suas filhas iam todas as noites mesmo adoentadas. O rei lhe concedeu três dias, e Walter mostrou-se muito mais do que um simples e velho jardineiro. Usando a capa da invisibilidade, Galen seguiu as princesas e adentrou no reino subterrâneo. Colheu algumas amostras que poderia provar para o rei onde suas filhas eram obrigadas a ir, mas, ele precisava descobrir o motivo real que fazia delas prisioneiras. E EU NÃO VOU CONTAR! Hahaha! 

    Caraca, vou me calar, falei quase tudo, hahahahah... Ah, a rainha Maude era da Bretanha, e era apaixonada por flores. Na Alemanha, as flores não eram tão belas como na Bretanha, e o rei Gregor para agradar sua amada esposa, criou uma enorme estufa para que a rainha tivesse suas amadas flores. Tanto que após conceber a primeira filha, a rainha teve uma filha por ano, e em cada filha colocou o nome de uma das flores que ela amava: Rosa, a mais velha com dezessete anos, e as outras eu não sei exatamente a ordem, rs, mas se chamavam Lírio, Crisântemo, Jacinto, Junquilho, Margarida, Orquídea, Lilás, Petúnia, Íris, Violeta e a caçula Amor-Perfeito. Amor-Perfeito tinha apenas seis anos e dançava desde os dois! Elas são adoráveis!

Pausa para babar na capa desse livro!




    Na Cultura costumava passar quando eu era pequena uma série chamada Contos de Fada, que trazia as histórias dos irmãos Grimm, eu assisti se não todos, quase todos os episódios. Encontrei no YouTube o episódio "As Princesas Dançarinas" , acho que eu tinha uns oito anos quando passava. Encontrei o link - em péssima qualidade, é verdade, mas, o que vale é a intenção, rs! Uma coisa que eu amei nesse livro: Galen além de trabalhador, educado, forte, bordava e tricotava! Perfeito, né? Hahah... Rosa ganhou um lindo xale branco tricotado por Galen, as irmãs em um geral eram encantadas por ele, Amor-Perfeito, a caçulinha, até o pede em casamento! 

    
    
    Wilhelm e Jacob Grimm eram extremamente criativos, mas, a concepção deles para crianças era meio complicada, hahaha... Eram contos para crianças, mas eram muito assustadores, por isso que a Disney fantasiou e colocou tudo mais cor-de-rosa... Aqui no meu cantinho, ali no lado esquerdo, no "Quem sou eu", eu escrevi que meu primeiro livro foi uma seleção de contos dos irmãos Grimm, e foi onde eu me apaixonei pelos contos de fada...Já deixo a dica também do filme "Irmãos Grimm" com Monica Bellucci, Matt Damon e Heath Ledger, além da série "Grimm" com um ator muito gato que eu não sei o nome, rs. A série não tem nada a ver com os contos de fada, mas, os episódios são demais!

    Bom, vou parando por aqui, tô com sono e amanhã tenho que levantar cedo! 

    Então, Babi do blog Meu Mundinho Quase Perfeito, o lindo blog dela, quem não conhece, entra lá pra conhecer, e, Hellen do blog Apenas Giz - que eu vivo fazendo propaganda aqui, hahahah, dedico essa postagem a vocês duas que me pediram essa resenha. E como eu disse, não se preocupem que farei resenha dos outros livros citados ontem e de outros ainda. 

    Beijoooo! =)

2 comentários:

  1. Oiii Cecy! Amei a sua resenha *--* e agora estou aqui, morrendo de curiosidade pra saber o fim kkkk na TV cultura passa uma série chamada: Melhores contos de Grimm e Andersen (acho que é assim kkk) e desde o primeiro episódio que vi fiquei curiosa sobre os contos dos irmãos Grimm, lembro que li a vendedora de fósforos quando era criança e fiquei com o core na mão kkkk já vou salvar esse daí <3 e essa capa é linda mesmo :D obrigada por sempre falar tão bem do meu cantinho *---* Já estou anciosa pelas pro resenhas!

    *Beijokas -Hellen Barros.

    www.apenasgiz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ahahahaha... Ficou curiosa? Vai ter que ler, não vou contar, hahahaha... Eu não conheço essa série, mas vou procurar. Apesar de ser meio ogra, sou fã de contos de fada, hahaha... E é claro que falo bem do seu cantinho, sou sempre bem recebida no seu, nada mais justo!

    Beijoooo! ^^

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por