terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Resenha #46: Olhos da Deusa - Lígia Dantas

    Olá, olá, olá!
"Thudjo" bem? Comigo também está, obrigada!

   Como prometido ontem, hoje estou aqui trazendo a resenha desse livro mara que é Olhos da Deusa, da autora parceira aqui do meu cantinho.

    Então, sem mais delongas...


Imagem Skoob
    SINOPSE: A passagem de um cometa revelou o despertar de uma lenda envolvendo quatro misteriosas pedras chamadas de Olhos da Deusa. Rebeca é uma jovem destinada a ser a guardiã de um par delas. Ela precisa travar uma série de batalhas com o destino e suas escolhas, encarando os conflitos com os pais, amigos e no amor que acaba de encontrar.
Thaís é a melhor amiga de Rebeca, mas, elas se afastam quando eventos horríveis desabam em sua vida. Miguel é apaixonado por Thaís, mas também apaixonado por adrenalina. Mergulha no submundo dos jogos de cartas enquanto desenvolve uma habilidade especial e perigosa. Caio é amigo e parceiro de banda de rock de Miguel. É também irmão gêmeo de Rebeca. Sua relação conturbada com seu pai e com sua namorada é temperada por sonhos premonitórios e reveladores. Priscila é explosiva e egocêntrica, seus problemas com Rebeca vão além da disputa pelo cara interessante. Ela se envolve com uma irmandade que tem o outro par de Olhos da Deusa. A descoberta dos mistérios da magia e do amor transforma totalmente a vida desses jovens, que precisam amadurecer e encarar questões mais profundas e doloridas. Eles devem aprender a lidar com escolhas e transformar fatalidades em recomeço. A batalha já começou!


    Quem aí ficou curioso? Confesso que quando vi a capa me apaixonei perdidamente, mas, em seguida vi um post da autora com uma citação do livro, fui até o Skoob pesquisar e definitivamente, quis ler imediatamente, rs. Não sabia o que esperar, comecei a ler na fila do banco e o negócio deslanchou. Agora, chega de bolodórios.

     Bora lá?



Imagem MLC


    Rebeca e seu irmão gêmeo Caio têm dezesseis anos, muitas dores, dúvidas e confusões. Enquanto Beca é estudiosa, amiga e carinhosa com todos, Caio é o amigão, musicista e namorado perfeito de Carol. Mas, muitas coisas acontecem em suas jovens vidas que faz com que eles tenham a necessidade de crescer antes da hora. Tô indo rápido demais? Tá, como faria o Jack, o Estripador, bora por partes, rs!

    Rebeca é uma garota doce. Sua avó e também mentora sempre a preparou para o momento em que ela se tornaria uma grande pessoa. Digamos que a avó de Beca é uma bruxa, rs. Mas do bem. Ela é uma das servas da Deusa e desde sempre, treinou Rebeca para ser uma sacerdotisa. No tempo certo passou para sua neta um par de brincos, dizendo que aquelas pedras eram chamadas de Olhos da Deusa, que era passada de uma sacerdotisa para outra, e, como ela já tinha cumprido seu papel como guardiã das pedras, agora era a vez de sua neta. Beca tinha uma vida normal, com amigos normais e problemas normais, assim como todo adolescente normal tem. Ela possuía os melhores amigos do mundo, e confesso que senti uma certa invejinha daquela galera, hahah:

  •  Priscila, a típica amiga da onça. Invejosa, mimada, daquelas que não suporta perder. 
  • A melhor amiga de Beca, Thaís, um doce de garota, submissa, obediente e empática; 
  • Miguel, misterioso, taciturno e divertido;
  • Igor, o melhor amigo de Rebeca, daquele que se quer sempre por perto;
  • Marcos, um cara gente boa pra caramba, divertido, carismático e bonitão;
  • Caio, além de irmão um grande amigo e confidente e fofo - fiquei apaixonada por ele;
  • Carol, a namoradinha tosca e fútil do Caio, melhor amiga de Priscila e tão sem noção quanto ela;
  • Lavínia, prima de Marcos, novata na área, deixa Caio meio bitolado e superprotege os primos;
  • E, finalizando com o bonitão Gustavo, - a perfeição, rs - irmão mais velho de Marcos, engraçado, fofo, mais velho que o grupo, mas, se dá super bem com a turma.

Imagem MLC
   Beca e Caio estão passando por uma situação complicada em casa. Seu pai cada vez mais ausente faz com que sua mãe seja uma viúva de marido vivo, sabe. A depressão bateu forte e ela também tem se tornado um tanto quanto ausente, causando um grande buraco no coração de seus filhos. Rebeca ainda tenta se manter neutra, mas, Caio, cada vez mais culpa o pai pela saúde frágil da mãe. Carol, namoradinha tosca de Caio já não dá tanta atenção ao namorado, mas, quando descobre uma certa ameaça a esse relacionamento, resolve ser a namorada mais perfeita do mundo. Nesse jogo de sentimentos, Rebeca se vê nitidamente apaixonada pelo irmão mais velho de Marcos, Gustavo. E ele imediatamente corresponde a esse sentimento, a autora não revela de cara que eles estão apaixonados, mas, ela descreve com leveza os olhares, os gestos, aqueles famosos sinais que as pessoas apaixonadas lançam umas para as outras, coisa que não sei o que é há tempos, rs. O problema realmente começa quando Priscila nota esse clima, uma vez que Gustavo é sua mais nova obsessão. Vemos por aqui que Olhos da Deusa é um livro de romance, a maneira mais pura e singela de amar.

"Os dois sorriram, enlaçaram-se. Os primeiros passos foram embaraçados. Depois de alguns minutos, eles se acertaram com a música e abandonaram o constrangimento. Perderam-se do resto do mundo e encontraram no olhar um do outro. [...] Foi assim, uma ciranda de intermináveis trocas. Rebeca olhou para o céu e sorriu de volta para a lua crescente." págs. 47 e 48

    Com a morte da mãe, Thaís, o pai e a irmã mais velha tentam seguir a vida. O pai da menina fica ausente trabalhando sempre, e nas poucas vezes que vem pra casa, mal conversa com as filhas. Thaís sempre foi uma boa moça, recatada e completamente dominada pela mãe. Não tomava suas próprias decisões, nem mesmo lia livros que sua mãe consideraria vergonha. Ao passar por mais uma situação de trauma, Thaís passa a se fechar cada vez mais. Se desespera com o que acontece ao seu redor, se afasta dos amigos, da família, toma umas decisões precipitadas e fica completamente perdida em sua dor. Miguel está mais envolvido no pôquer do que nunca, e influenciado por seu padrasto entra cada vez mais nesse buraco. Algumas coisas são reveladas e ele se vê em uma cama de gato que pode lhe custar um alto preço. Vemos por aqui que Olhos da Deusa é um livro de drama, pois cada ação gera uma reação.

   Priscila está se adaptando a nova rotina. Sua prima Marina foi morar com a família dela, e é uma das aspirantes à sacerdotisa da Deusa. Ela leva Pri em uma reunião, e a menina passa por uma iniciação. Por seu caráter duvidoso, seu espírito de competitividade e por não aceitar perder nunca, Priscila se torna cada vez mais amarga e até mesmo cruel, causando problemas apenas para não ferir seu ego, além de uma inveja sem tamanho tomar conta de todo seu ser. Carol até tenta acompanhar o ritmo da amiga, e seu namorado é quem sofre as consequências sendo deixado de lado em um momento crítico. Vemos aqui que Olhos da Deusa é um livro de trapaças e vingança, onde não importa quem esteja, pisar no pescoço para conseguir o que se quer é um defeito do ser humano.


Imagem MLC
      Marcos e Gustavo são irmãos, amigos e estão sempre preocupados com o bem estar um do outro. Lavínia, prima sonsa e mimada, protege os primos como uma mãe galinha, tomando decisões por eles e quebrando as pernas das meninas, rs. Caio e Beca se amam incondicionalmente e dariam a vida um pelo outro. O carinho com que tratam a mãe ao mesmo tempo que precisam ser duros com ela, mostra o quão estão sofrendo, e a avó, que nunca teve o amor genuíno de sua filha, se torna um porto seguro para todos. Simultaneamente, Miguel corria riscos para manter sua mãe bem. Vemos aqui que Olhos da Deusa é um livro que fala sobre família e a importância do perdão.

      Voltando ao foco, quando Pri passa pela iniciação, ela conhece a mentora de Marina, a sacerdotisa Perla, que possui o outro par dos Olhos da Deusa, e Pri fica doida por esses brincos, como egoísta que era, achava que merecia aqueles brincos. Só quando as aulas retornam que ela nota que Rebeca possui brincos iguais, e como já conhecia um pouco sobre as artes mágicas, ela toma conhecimento de que Rebeca também é uma das escolhidas, e passa a fazer um inferninho na vida da amiga. E olha que era amiga, hein? Credo, me lembrei agora de quando era adolescente e tinha aquele grupinho infeliz que adorava implicar comigo. Pelo amor do guarda, isso nunca muda! Nem nos livros, hahahahah. A medida que o tempo vai passando, muitas coisas acontecem nas vidas desses jovens, coisas maravilhosas e coisas terríveis. Alguns deles descobrem que realmente nasceram com dons especiais que precisam ser usados da maneira correta. Alguns são treinados para serem melhores; outros treinados para possuírem aquilo o que desejam, não aquilo que necessitam; outros ainda, nunca souberam qual era o sentido da vida. E nessa trama de romance, inveja, drama, vingança, a autora desenvolve uma estória tão cativante que não tem como descrever, gente. Juro que tô me roendo aqui para não soltar spoilers, hahahah.


   O desfecho do livro foi muito rápido, o que não é ruim, afinal, se a autora ficasse fazendo frufru, acabaria enchendo linguiça. O problema sou eu mesmo. Quando vi já tinha acontecido e tive que ler de novo porque deixei passar um detalhe básico que fez toda a diferença e a mula aqui não tinha entendido. Tão típico de mim, me desesperar com a cena do livro, pular uma linha inteira e depois parar no meio da leitura e exclamar sozinha: "Ué, não entendi!", hahahahah! Gente, vou parar, senão vou começar a dar spoiler sem querer, rs! Olha quanta coisa boa em um livro só? Amor fraterno, primeiro amor, amizade, paixão, mistério, drama familiar... A autora soube dosar diversas coisas em um só livro, não sei se conseguiria construir tantos personagens com tantos focos diferentes e conseguir amarrar todas as tramas sem me perder... Parabéns, Lígia!


    Com cenários paradisíacos que estão na minha imaginação pela simples maneira de a autora descrever cada lugar, Olhos da Deusa é um livro que vale muito a pena ser lido. Recomendo para quem gosta de um foco mais versátil, rs. Apesar de ter uma temática mais pesada, o livro é muito fácil de se ler. Bem gostoso mesmo, com citações perfeitas, céu, mar, natureza, lua - astro pelo qual sou apaixonada - e muita coisa boa!




"A dor do amadurecimento pode ser a pior de todas para algumas pessoas. Para cada um, é imposta uma prova; para alguns há preparação, e, para outros, não. Para alguns, há tormenta, para outros, calmaria." - p. 169


Olhos da Deusa - Lígia Dantas. 253 páginas, editora Amazon Online. Recomendado, com certeza!

   Então, amores, vou ficando por aqui, Lígia, querida, obrigada por disponibilizar essa obra tão deliciosa para nós. Para comprar esse livro, clique AQUI e adquira já o seu! Eu já tenho, rs!

Beijooooo


10 comentários:

  1. olá Cecy! Adorei a resenha, me diverti muito com seu jeito de escrever sobre o livro. É muito bacana ver os efeitos de cada personagem no leitor. Obrigada pelo carinho e pelo belo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lígia!
      Fico feliz que tenha suprido suas expectativas! Como sempre falo, gosto de escrever como se estivesse em uma conversa, não sou nada técnica, e falo demais! Deu pra notar, né, hahahah!
      Eu que te agradeço pela oportunidade, parceira!

      Beijoooo 💗

      Excluir

  2. Cecy sua lindaaaaa ♥♥♥
    Que resenha maravilhosa :)
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas depois de ler tudo o que acontece, eu já quero kkkkk.... Quanta aventura e quantos aprendizados ♥
    Adorei.... Já vou anotar aqui o nome pra ler assim que puder :)
    ótima quinta
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
  3. Que encanto de história flor. Fiquei curiosa pra ver o desfecho desses dois. beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Olááááá Cecyyyyyyy!
    Ameeeei a resenha!
    São muitos os personagens e muitas as aventuras!
    Romance, aventura e drama numa narrativa cheia de aprendizado, treinamento, autoconheimento e amadurecimento, gosto muitoooooooo de enredos que apresentam essa evolução dos personagens <3
    Bjsssss Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!!! 💖
      Menina, pensa numa resenha difícil? Muitos personagens e todas as histórias entrelaçadas sem.perder a individualidade de cada uma delas. Eu acho que você vai gostar de ler!

      Beijoooo

      Excluir
  5. Oi, Cecy!
    O livro me chamou a atenção. Amei como você construiu a resenha, falando de cada um dos personagens que pelo visto foram bem construídos pela autora, esse é um aspecto que eu aprecio. Gostei do fato de a Lígia ligar "realidade" e fantasia, mostrando problemas comuns aos nossos, mas tudo isso girando em torno de um mistério. Achei bem interessante.
    Um beijão 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      O livro realmente é muito bom, gostei bastante. Noss, são tantos personagens bons, com tantas histórias boas que se envolvem em uma só... Eu realmente gostei!

      Beijoooo

      Excluir
  6. Menina, que resenhão hein, adorei sua resenha.
    Só vejo coisas boas em relação a esse livro,a capa dele está linda. bjocas Cecy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juro que tentei ser o mais sucinta possível, Joyce, hahah! Realmente é um ótimo livro, eu adorei!

      Beijoooo 💖

      Excluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por