domingo, 9 de abril de 2017

{{BEDA}} Post nº 9 - Soneto de Shakespeare



    Olha eu aqui de novo, people!

      Sim, eu sei! Esse não é o Shakespeare de verdade, mas, tudo bem, pois Joseph Fiennes foi um Shakespeare perfeito. Lindo, maravilhoso, gato, sexy e atraente, heheheh...
    Sabe que quando lançou "Shakespeare Apaixonado" minhas amigas e eu alugamos uma fita - vééééééiaaaa - e fomos assistir. Nós no auge dos 17 anos ainda brincávamos de esconde-esconde, e os meninos estavam nos esperando para brincar. Um deles entrou na casa para saber a hora que iríamos, e, de acordo com o que nos contaram depois, o menino disse: "Elas só vão vir a hora que acabar 'Sheikispiu Apaixonado', o filme que elas estão assistindo..." Hahahahah! Bons tempos! Enfim, foco!



Resultado de imagem para shakespeare
Imagem da internet
    Lembra que eu comentei que faria dois posts ontem e dois hoje para acertar o BEDA? Pois bem, trato feito! E estou passando para deixar mais um soneto desse gênio inglês que até o Doctor (Who) conheceu, rs. Na minha humilde opinião, esse é um dos sonetos mais fófis dele, pois fala muito sobre o amor desesperado que vemos muito presente em suas obras - tipo, acabei de te ver, me encantei por ti e te amo com todas as minhas forças, rs - mas fala com uma propriedade e uma verdade tão grandes, que provavelmente o dia que eu escutar um cara falando desse jeito comigo, eu me caso, hahahah. Deu pra notar que não vai rolar casamento, então, né?


Soneto CV

Não chame o meu amor de idolatria
Nem de ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
'Beleza, Bem, Verdade', eis o que exprimo;
'Beleza, Bem, Verdade', todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
Em um, três temas, de amplo movimento.
'Beleza, Bem, Verdade' sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.


    Bem a cara de Shakespeare, romântico e com um tom de tragédia no final. Fico por aqui, amores, amanhã tem mais!


Beijoooo

6 comentários:

  1. gostei muuuito desse soneto :)
    muito lindo e romântico! e amo tragedias hahaha


    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tão romântico, a ponto de me deixar melancolia. Amei esse soneto flor bjs


    Taynara Mello www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Lindo o soneto, não conhecia, e siiiiim sou fã de Shakespeare, assisti o filme aliás vencedor do Oscar se não me engano????
    Bjs Cecyyyyy
    Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luliii...

      Estava sentindo sua falta por aqui! Sim, Shakespeare In Love é oscarizado - acho que inventei uma palavra nova, hahahah...

      Beijoooo

      Excluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por