quinta-feira, 11 de maio de 2017

#VocêNãoEstáSozinho

    Oi pessoas, tudo bem?
Não, não vou falar novamente do livro do Max Lucado com o mesmo nome, não. Hoje o post é de conscientização. 

   Já aconteceu de você se sentir tão aflito a ponto de não saber como agir? Já teve vontade de desistir? Já se sentiu andando em círculos, não sabe de onde saiu e pra onde vai? Tem medo de escuro, de palhaços, de bexigas de sapos, de pessoas, de tudo? Sabia que você não é o único? Eu tenho medo de algumas coisas, mas, não comento porque seria vergonhoso, hahaha. Fora os outros medos que eu tenho que não posso dizer, não por  serem vergonhosos por serem infantis, mas, por terem sido humilhantes.  Sim, a Cecy aqui, a doidinha que está sempre sorridente já passou por perrengues complicados que me fizeram perder o sorriso por meses. Ainda terei a oportunidade de contar o motivo que me tirou o sorriso, o sono, a fome e a liberdade de sair sem medo, mas, ainda não é o momento. Só sei que nunca me senti tão mal, tão sozinha e tão envergonhada, tão perdida. Me sentia solitária mesmo!

Imagem da internet

     Minha amiga querida Clarissa Assis do blog Próxima Primavera juntamente com outras três amigas que também são blogueiras e estudam juntas estavam conversando sobre situações que em algum momento elas passaram e uma se identificou com a situação da outra, e elas chegaram a conclusão de que muitas outras pessoas passam por situações que outra pessoa também já passou. E então surgiu o Você Não Está Sozinho, um blog onde as pessoas podem contar seus dramas, seus medos e ansiedades e se ajudar mutuamente. Sem julgamentos, sem pressão, só você sendo você e conversando sobre coisas que não são fáceis de se falar e como/se já foi superada a situação. Muitas vezes é ruim falar com amigos, com terapeuta... Conversaram com outras blogueiras que também adotaram a ideia e foi dada a largada! Botaram o blog pra funcionar, tiraram a ideia do papel. 

Imagem da internet
    Sabe, eu nunca fui um modelo de beleza, ao contrário, sempre fui muito feinha e descabelada, e tiravam muito sarro de mim quando eu era menor. Aos doze anos, pela primeira vez alguém me achou bonita... E meu próprio pai desdenhou de mim falando que o garoto tinha sérios problemas de visão. Ouvir isso de colegas da escola é xarope, mas, ouvir coisas assim de quem está perto e te ama, a gente acredita, né? Pois é, eu já tinha mais de 20 anos quando comecei a acreditar que os elogios que as pessoas me faziam eram verdadeiros... Esse é o ponto! A missão do blog é ter em mente que ninguém está sozinho, é saber que tem pessoas dispostas a ouvir aquilo que talvez ninguém mais esteja disposto. O objetivo é segurar em uma mão amiga e saber que mesmo de longe, todos somos amados. Eu gosto de escrever. Mantive diários durante 15 anos, até que resolvi parar e tentar outra abordagem. Dizem que quem mantém diários ou algum tipo de registro da vida há chances de 49% de crescimento. Cresci bastante, mas, agora já não faço mais isso, hoje escrevo menos sobre problemas, de certa forma meu cantinho me ajudou bastante nesse ponto.


Imagem da internet (Jennifer Niven)
    Acredito que Deus capacita pessoas para nos ajudar, aqueles anjos sem asas, por assim dizer, como as meninas que tiveram essa ideia maravilhosa de oferecer a mão amiga para quem precisa. #VocêNãoEstáSozinho ainda está em construção, e durante esse mês, as administradoras estarão semanalmente postando suas histórias de vida, e a partir do próximo mês, já começarão os posts da galera, mas, você pode enviar sua história (tem um formulário lá e tudo!) a qualquer momento. Você pode se identificar ou não, ou seja, fique à vontade que o espaço é seu!


Imagem da internet

Então, gentemmm, para conhecer mais sobre o site, só clicar no link abaixo:


E os blogs colaboradores são:




E lembre-se: Você não está sozinho!

    Quando ficar pesado demais o fardo, lá em Isaías 41:13 tem um conselho do Eterno para nós: "Porque Eu, o Senhor teu Deus, que te tomo pela tua mão direita, e te digo: Não temas, que eu te ajudo"

Beijooooo

8 comentários:

  1. Olá Cecyyyyyy
    Olha menina que fiquei emocionada.
    Não só com o post que devorei, não só com a ideia das garotas, não só com a divulgação, mas principalmente pela generosidade sua e delas em abrir esse espaço e compartilhar disponibilizando inclusive tempo e muito carinho.
    Parabéns!
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      Confesso que quando a Clarissa me procurou para me falar desse projeto, achei espetacular. Essas meninas fazem faculdade, algumas estão longe de casa e ainda assim se propõem a abrir um espaço em seu tempo para dar atenção e carinho aos outros. Achei linda a atitude dekas, adorei a ideia do projeto!

      Beijoooo

      Excluir
  2. Que lindo Cecy esse post, também já passei por situações bem parecidas com a sua, pois sempre fui magrela , descabelada e tudo mais, me chamavam até de barbie ,sério, sofri muito com isso na adolescencia. Só depois que comecei a frequentar uma igreja e que me recuperei de tudo. Hoje podem me chamar do que quiser porque tenho um DEUS tão GRANDE que me aceita do jeito que eu sou e eu não preciso mais da aceitação da sociedade e ai daquele que zombar de mim hoje kkkk. Eu adorei o post e a iniciativa, bju grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce!
      Sei bem como é isso, adolescente é cruel demais! Mas, eu também busquei forças no Criador e descobri que poderia ser feliz mesmo assim. Ainda sofro com alguns medos, mas, não estou sozinha, não é?

      Beijoooo

      Excluir
  3. Oi Cecy sua linda!!!
    Precisava demais ler esse texto hoje sabia? Tem dias que me sinto meio pra baixo, como se não tivesse encontrado o sentido de tudo que faço... talvez esse fosse um desses dias, mas me sinto bem melhor depois de ler seu texto!
    Parabéns à todos pela iniciativa
    Beijo grande
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rô!
      Fico muuuuuitooo feliz por saber disso! Não por saber que você estava mal, mas, por saber que você se sentiu bem ao ler isso.
      Você é amada!

      Beijoooo

      Excluir
  4. Que mensagens bonita e confortante. Realmente, nunca estaremos sozinhos. Sempre há alguém para nos estender a mão, nos enxergar e ver além da aparência. Que chato isso que você passou com o seu pai, são das pessoas que amamos que às vezes recebemos os maiores e mais dolorosos golpes, mas você não está só, minha amiga. Amei a iniciativa das meninas, com certeza vai ajudar muita gente. E que mensagem linda essa de Deus lá em Isaías. <3 Milhões de corações pra esse post.
    Beijoooos <3 <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Realmente, as pessoas mais próximas saonas quue mais nos afetam e nos intimidam...
      Que bom que gostou do projeto, fico feliz!

      Beijoooo

      Excluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por