quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Canção do Exílio - Gonçalves Dias

     Ooooo - ooooiiii!!!!
E hoje, para finalizar, eu trouxe o meu poema favorito de todos os tempos. Estudei no segundo colegial e fiz uma análise sobre ele, e achei tão lindo, tão perfeito, que me encantou!

      De acordo com o site Wikipédia, a Canção do Exílio, é uma poesia romântica introduzida na obra lírica Primeiros Cantos, de 1846. Foi produzida no primeiro momento do Romantismo no Brasil, época na qual se vivia uma forte onde de nacionalismo, que se devia ao recente rompimento do Brasil colônia com Portugal. O poeta trata, neste sentido, de demonstrar aversão aos valores portugueses e ressaltar os valores naturais do Brasil.
[...]

    O poema foi recitado ainda no Hino Nacional Brasileiro (no trecho "Nossos bosques têm mais vida; Nossa vida no teu seio mais amores") e na militar Canção do Expedicionário (no trecho Por mais terras que eu percorra, não permita Deus que eu morra; Sem que volte para lá").

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Canção_do_Exílio

Resultado de imagem para canção do exílio
Imagem da internet

 Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá
AS aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar - sozinho, à noite - 
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra, 
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras
Onde canta o Sabiá.


Resultado de imagem para canção do exílio
Imagem da internet





     Até semana que vem! Goodbye, Sweeties!
Beijooooo

7 comentários:

  1. Oieeeee Cecyyyyyy
    Super amo esse poema!
    Também é um dos meus favoritos da vida 😍😍
    Bjsss Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Cecy lindaaaaa ♥♥♥
    Eu amei o post, nossa que nostálgico :)
    Lembro de ter visto esse poema na época da escola e nem lembrava mais dele.
    Agora me bateu uma saudade ♥
    Adorei
    ótima quinta
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super nostálgico mesmo, Tati. Mas, eu adoro, como não gostar, não é?

      Beijoooo

      Excluir
  3. Oi Cecyyy, nunca mais tive tempo de visitar os blogs flor, aproveitando o feriado para visitar os cantinhos que gosto.
    Amei o poema, aliás também é um dos meus favoritos, bjus e bom feriado pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Oi Cecy
    Esse poema é muito lindo.❤

    Acredita que eu ainda não havia percebido que tinha um trecho desse poema no inicio nacional?
    Gostei de saber

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi cecy!!!
    Tá de cara nova né? Adorei!
    Dei uma sumida, muita correria, mas aqui estou eu de volta! E me deparo com esse poema lindo que tanto gosto !
    Beijinho

    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por