terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Resenha #66: Quando Bela Domou a Fera - Eloisa James

     Ooooiiieeeee....

Bom, e hoje vamos de resenha, vou tentar colocar todas em dia. Será que consigo? Bora tentar, rs.
Então, sem mais delongas....


Imagem MLC
 SINOPSE: Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela Domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos.
    Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
   Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
   No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem e a o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?


Imagem MLC
     Quando achei esse eBook dando sopa de grátis, não pensei duas vezes antes de salvar, afinal, contos de fadas são comigo mesmo, e adoro tudo o que envolva a Bela e a Fera, e achei que seria uma releitura diferente, mas, confesso que não pensei que fosse tão diferente assim, rs. Não estava esperando pelo que encontrei, rs, mas, a diferença foi legal. Enfim, bora começar essa resenha, né?

      Linnet é uma bela moça da alta sociedade inglesa. Seus longos cabelos, sua beleza, sua simpatia e fartos seios são motivos de inveja para as mulheres e motivo de cobiça para os homens, e um dos mais nobres príncipes se encantou por ela. Até que em um belo, durante um baile, algumas pessoas começam um boato: o vestido de Linnet a deixa um tanto mais gorda e as pessoas começam a pensar que ela está grávida, e o pior: começam a espalhar essa notícia! O pai da moça fica indignado com esses boatos, e vai falar com Linnet, que lhe desmente a história, mas, ao colocar o vestido, o pai realmente passa a entender as pessoas, pois, o vestido aumentava e avantajava a silhueta da menina. Uma tia então aparece como uma salvadora: ela convence o pai da moça que ela mesmo não estando grávida já está arruinada e que o príncipe não se casará com ela, portanto, eles devem procurar um noivo que aceite Linnet grávida e que terá como filho um herdeiro real. Apesar da indignação, Linnet não pode fazer nada a respeito, e aceita o plano do pai e da tia, e logo conseguem um noivo para ela: O conde de Marchant.

Imagem MLC
  
     A parte que ninguém sabia direito, era o motivo de o pai do conde querer tanto um casamento para o filho. Só se sabia que o conde não conseguiria jamais gerar filhos pelo fato de ter um sério problema na perna, e o pai do rapaz se dirigiu ao país de Gales com a moça "desonrada" para apresentar ao seu filho. Linnet tinha certeza que em duas semanas, Piers estaria apaixonado por ela, mas, não foi um jovem tolo que ela encontrou por lá... Primeiro de tudo: descobriu que Piers era médico, e bastou um olhar bem focado na moça para descobrir que ela não estava grávida. Piers era competente no serviço, mas, uma pessoa insuportável! Odiava o pai, tratava a todos com uma grosseria tremenda, mas, achou Linnet uma moça linda e irresistível. Ambos não sabiam, mas, suas vidas estavam prestes a mudar. 

    Claro que é clichê, mas, ao mesmo tempo é tão diferente! Linnet tem a nítida certeza que pode envolver e seduzir Piers, mas, ela é quem acaba seduzida e envolvida por ele. As aulas de natação foram apenas o começo da proximidade de ambos, com Linnet, Piers conseguia ser ele mesmo, e ele não era melhor, ao contrário, ele podia simplesmente ser mais ogro do que era normalmente na frente dos outros... Além, é claro, de vermos a aproximação de pai e filho e de como isso mexia positiva e negativamente com cada um. Até que um dia, algo realmente ruim acontece, e mais uma vez, vemos as vidas dessas pessoas sendo manipuladas pelo destino.

Imagem MLC
      Uma coisa que eu não esperava era que tivessem cenas calientes nesse livro, mas, elas são descritas com leveza, nada que vá deixar ninguém - ou melhor, eu, rs - com vergonha. Quer dizer, só um pouquinho, hahah. Quando Bela Domou a Fera nos traz uma trama super bonita sobre aceitação e perdão. Gostei bastante e recomendo!


Quando Bela Domou a Fera (When the Beauty Tamed the Beast), Eloisa James. Editora Arqueiro, 30 páginas. Pode ler que é bom!


Beijoooo

Um comentário:

  1. Contos de fadas são comigo mesma também!
    Ainda mais as releituras.
    Não tenho nada contra clichês até porque concordo que são diferentes entre si rsrs
    Vai para a listinha de desejados 😁
    Bjs Luli

    ResponderExcluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por