terça-feira, 7 de agosto de 2018

{{BEDA - Post #6}} Semana Lígia Dantas

    Oiê leitores...
Hoje trago mais um conto da Lígia, o maior conto que ela tem lá no Wattpad, e é um prequel de Olhos da Deusa. Quem já leu Olhos da Deusa vai conseguir identificar bem o enredo, pra quem não leu, pode ler esse antes, que será da hora. Leia esse, depois Guardiã dos Mistérios e depois Olhos da Deusa, que aí terá a ordem cronológica dos fatos. Enfim, chega de falatório, bora lá!

Conto: Meu Sacrifício

Imagem MLC 
SINOPSE: EM 1703, Joanne precisa conduzir a fuga dela e de duas irmãs mais novas ameaçadas pela Santa Inquisição. Elas guardam um grande e perigoso segredo, capaz de levá-las a acusação de bruxaria pelo clero. Seus passos devem ser cautelosos e as decisões que ela deverá tomar serão de alto risco. 

    Um spin-off de Olhos da Deusa, porém com 300 anos de antecedência, então, um prequel. Conhecemos a estória de Joanne, uma jovem sacerdotisa da Deusa que tinha como mentora Claire, que foi queimada pela Santa Inquisição. Na verdade, a família de Joanne era perseguida há séculos em diversos países, sempre fugindo dos que buscavam as pedras chamadas Olhos da Deusa, pedras essas que surgiram em Avalon, ilha sagrada da antiga religião pagã, e que as mulheres da família de Joanne  eram as guardiãs.

    Joanne, Anne e Marie fugiram das terras portuguesas onde moravam há muito tempo e viajariam de navio até o Brasil, onde se estabeleceriam e tentariam levar uma vida normal. Porém, durante a viagem, muita coisa aconteceu que já alterou completamente suas vidas. Dois anos se passaram, e as coisas já não estavam tão bem quanto estiveram quando as jovens desembarcaram no Brasil, e elas precisaram de um plano B, antes que a tragédia certeira chegasse a galope. Não vou falar mais nada, senão entrego o ouro, rs.

Imagem Wattpad 

    Acho que Olhos da Deusa e seus prequels me chamaram tanto a atenção por envolver um pouco da mitologia celta, que eu conheço tão pouco, mas, admiro muito. Se as coisas começaram lá em Avalon, a gente já pensa em Rei Arthur, Merlin e Morgana, e eu adoro tudo isso. Acho até que a Morgana foi quem recebeu direto das mãos de Merlin as pedras, não acham? Hahaha, olha eu viajando aqui, rs.

    Enfim, acho que vale a pena dar uma conferida nesse conto, são apenas três capítulos curtos, dramáticos e sensíveis ao mesmo tempo. Apesar de sentir um clima pesado durante a leitura, vemos que os laços de amor entre as irmãs são inquebráveis mesmo com as barreiras impostas. Gostaria de ser mais assim com minhas irmãs, tirando o fato desse negócio de elo psíquico onde uma sente pela outra. Isso aí acho que cada um tem o seu para que cada um cresça de formas diferentes, tornando-se fortes. Gostei muito e super recomendo. 

    Amanhã acaba nossa semana da Lígia, aaaaahhhh, então, não percam mais tempo e conheçam essa autora mara!

Beijoooo 💖

2 comentários:

  1. Ainnnnn! Você é demais Cecy! Amei você fantasiar que as pedras vieram de Avalon pelas mãos de Merlin ❤️.
    O amor entre as irmãs é realmente invejável! Obrigada Flor!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que você não pensou nisso? Eu pensei, hahahahah...

      Beijoooo 💖

      Excluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por