quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Porque parei com o BEDA?

      Olááááá, Leitores, tudo de boa com vocês?


Vim aqui hoje pra dizer o motivo de ter parado com o BEDA antes da hora. A resposta é bem simples, rápida e prática: fiquei sem tempo! E, que palavrinha pequena essa que tem proporções enormes!

     O tempo é aquele que vem sem a gente ver e que fica, o que leva nossos anos, nossos dias e o que permanece aqui. Que nos mostra como a vida é bela e passa rápido, e o quanto temos que agradecer todos os dias.

     Então, obrigada, tempo, seu lindo!

Imagem da internet


     Em compensação, se não soubermos usar o mesmo com sabedoria, podemos nos embolar em um emaranhado de coisas e não conseguimos fazer nada de útil. E, quando vemos, passou o tempos e com ele, foram-se as oportunidades. 

    Enfim, antes eu postava três vezes por semana, não sei se conseguirei fazer essa quantidade de postagens por semana, mas, ao menos uma vez por semana, estarei por aqui!


     Até lá, beijos e queijos!


Imagem da internet


sábado, 14 de agosto de 2021

{{BEDA #15}} Tô no Wattpad

      Olá, Leitores, tudo de boa?

    Já contei para vocês que estou no Wattpad? 

Imagem MLC



Pois é, estou por lá, rs. Um tempo atrás eu me aventurei em escrever por lá, e até que foi interessante. Já tem um bom tempo que tenho conta por lá, e a princípio era só para leitura, mas, em 2016 eu participei de um curso e precisei escrever um reconto. 
    
    Meu reconto fez sucesso, a professora disse que seria interessante que eu usasse. Usei realmente em algumas aulas, e uns anos atrás, coloquei no Wattpad. Algumas pessoas pediram para usar com os alunos também, e esses dias eu vi que está no ranking #13 em fábulas. Que legal, né?

     Vou deixar o link AQUI, mas, você pode clicar na sereia aqui, que você vai direto pra lá. Lá você encontra também um outro esquema: eu comecei a escrever um livro, e estava indo bem, mas parei no terceiro capítulo. E acho que nunca vou retomar, hahahahah.

    Enfim, lá no Wattpad tem muita coisa boa. Muita coisa ruim também, concordo, mas, gosto é gosto, né não? Conheça o Wattpad, encontre autores incríveis, leia coisas boas de grátis, e seja feliz!

    Beijoooo

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

{{BEDA #14}} Tô Relendo...

      Olá, Leitores, tudo de boa?


     O que vocês acham de releituras? No caso, não a releitura de uma trama, mas, reler um livro? 

     Eu faço isso volta e meia, e cada vez que releio um livro, noto que muita coisa muda. Estou relendo, por exemplo, O Grande Gatsby com o pessoal do Toca da Leitura, um blog que eu gosto muito. Mari, a moderadora do blog me pediu uma dica de um clássico bom e fácil para ler com seu clube do livro. Sugeri O Grande Gatsby, e ela super aceitou e ainda me convidou para participar da leitura.

Imagem da internet

    
    Durante a leitura, notei que ainda gosto desse livro. Muitas vezes quando relemos, notamos que um ou outro ponto não nos agrada, mas não é o que acontece aqui. Ao contrário, acabei tendo uma percepção diferente do que tive na primeira vez. E algumas perguntas que não tinha pensado, agora estão sem resposta para mim. Fitzgerald era um gênio! Me fez até pensar que Nick foi usado em uma parte - ou que aproveitou o momento, vai saber? Entendedores, entenderão, hahahaha...

    Enfim, O Grande Gatsby é um daqueles queridinhos que a gente lê uma vez e se encanta, e quando lê de novo, relembra o motivo de ter se encantado e se encanta novamente.

   Você já leu? Não? Sugiro que o faça! Já? O que achou, me conta? 

Leia a resenha de O Grande Gatsby AQUI.

E era isso! Té mais!

Beijoooo =) 

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

{{BEDA #13}} Citações #11 - As Crônicas de Nárnia - O Leão, a Feiticeira e o Guada-Roupa - CS Lewis

      Olá, Leitores, tudo de boa?

     Voltei hoje com citações do segundo volume de As Crônicas de Nárnia. Como meu livro é volume único, não estranhem as citações começarem já na página 100, ok?

    Sem mais delongas, bora lá?



"Por fim, acabou-se o que era doce, e Edmundo olhava fixamente para a caixa vazia, louco para que a rainha lhe perguntasse se ainda queria mais. Sabia ela muito bem o que ele estava pensando. E, melhor ainda, sabia que o manjar turco estava encantado: quem provasse, ficaria querendo sempre mais e chegaria a comer, a comer, até estourar." - pg. 117

"As crianças ainda não tinham ouvido falar de Aslam, mas no momento em que o castor pronunciou esse nome, todos se sentiram diferentes. [...] Foi o que aconteceu. Ao ouvirem o nome de Aslam, os meninos sentiram que dentro deles algo vibrava intensamente. Para Edmundo, foi uma sensação de horror e mistério. Pedro sentiu-se de repente cheio de coragem. Para Susana foi como se um aroma delicioso ou uma linda ária musical pairasse no ar. Lúcia sentiu-se como quem acorda na primeira manhã de férias ou no princípio da primavera." - pg. 113

"Então não sabem? Aslam é o rei. É o verdadeiro Senhor dos Bosques, embora já há muito esteja ausente. Desde o tempo do meu pai e do meu avô. Agora chegou a notícia de que vai voltar. Neste momento mesmo está em Nárnia. Ele dará conta da Feiticeira Branca, não se preocupem."  - pg. 137




"Seja lá como for - disse Pedro, numa voz um tanto sufocada -, temos de ir atrás dele. Afinal, é nosso irmão, um pouco imbecil e mau, mas irmão. E, pensando bem, não passa de uma criança." - pg. 140

"A gramática estava errada, mas é assim que os castores falam quando estão excitados, isto é, em Nárnia, porque em nosso mundo não abrem o bico, geralmente. - pg. 149

"O problema não é esse. É que as batalhas são mais feias quando as mulheres tomam parte nelas." - pg. 151




"Isso não é degelo - disse o anão parando de repente. - É a própria primavera! [...] Não há dúvida alguma! Só pode ser obra de Aslam! - pg. 156

"Quanto ao próprio Aslam, nem as crianças, nem os castores souberam o que fazer ou dizer ao vê-lo. Quem nunca esteve em Nárnia há de achar que uma coisa não pode ser boa e aterrorizante ao mesmo tempo. Os meninos entenderam logo. Pois, quando tentaram olhar para Aslam de frente, só conseguiram ver de relance a juba de ouro e uns grandes olhos, régios, soleníssimos, esmagadores." - pg. 158

"- Aquilo, ó humano, é Cair Paravel, dos quatro tronos, num dos quais você há de sentar-se como rei. É o primeiro a vê-lo por ser o primogênito; e será o Grande Rei, acima de todos os outros." - pg. 159

"Pedro não estava sentindo uma coragem extraordinária. Verdade seja dita, estava até começando a sentir-se mal... Mas isso não o impediu de fazer o que tinha de ser feito. 
[...]
"- Levante-se, rei Pedro! E, aconteça o que acontecer, nunca se esqueça de limpar a espada!" - págs. 160 e 161




"Nessa noite, a tristeza de Aslam projetou-se em todos os outros. Pedro não se sentia bem ao lembrar que ia assumir sozinho a responsabilidade da batalha. Fora um grande choque o fato de Aslam não prometer estar presente. [...] Era como se os dias felizes, que mal tinham começado, já chegassem ao fim." - pg.168

"- Está doente, Aslam, querido? - perguntou Susana.
- Não. Estou triste. Estou só. Ponham as mãos em minha juba, para que eu sinta que vocês estão aqui, e caminhemos assim." - pg. 169

"Espero que ninguém que esteja lendo esta história alguma vez na vida tenha sido tão infeliz quanto Susana e Lúcia naquela noite. Mas se você sabe o que é isso, se já passou a noite toda acordado e chorou até acabarem as lágrimas... Então sabe que, no fim, desce sobre a gente uma grande calma." - pg. 173




"... A feiticeira pode conhecer a Magia Profunda, mas não sabe que há outra magia ainda mais profunda. O que ela não sabe que há outra magia ainda mais profunda. O que ela sabe não vai além da aurora do tempo. Mas, se tivesse sido capaz de ver um pouco mais longe, de penetrar na escuridão e no silêncio que reinam antes da aurora do tempo, teria aprendido outro sortilégio. Saberia que, se uma vítima voluntária, inocente de traição, fosse executada no lugar de um traidor, a mesa estalaria e a própria morte começaria a andar para trás..." - págs. 174 e 175

"- Ouviu o que ele disse? Nós, os leões! Ele e eu! Nós, os leões! Por aí você vê por que eu gosto tanto de Aslam. Não se põe lá em cima, não é de bancar o importante. Nós, os leões! Ele e eu! - pg. 180

"Lúcia viu, então, Pedro e Aslam apertarem as mãos. Inacreditável o ar que Pedro tinha agora: face pálida e grave, um ar muito mais velho." -  pg. 182

"- Quem é coroado rei ou rainha em Nárnia será sempre rei ou rainha. Honrem a sua realeza, Filhos de Adão! Honrem sua realeza, Filhas de Eva! - disse Aslam." - pg. 183

"Justamente quando a alegria estava no auge, Aslam desapareceu sem ninguém perceber. Quando os reis e as rainhas não fizeram comentários. O Sr. Castor já tinha avisado." - pg. 184

"Pedro ficou um homem alto e parrudo: foi chamado Pedro, o Magnífico. Susana virou uma mulher alta e esbelta, de cabelos negros que chegavam quase aos pés. Foi chamada de Susana, a Gentil. Edmundo era o mais grave e calado que Pedro, muito sábio nos conselhos de Estado. E foi chamado de Edmundo, o Justo. Lúcia, esta continuou sempre com os mesmos cabelos dourados e a mesma alegria, e todos os príncipes desejavam que ela fosse a sua rainha. E foi chamada de Lúcia, a Destemida." - pg. 184




"Nárnia acontece. Quando menos esperarem, pode acontecer." - pg. 186

     E era isso, povo meu!

Xoxo =)

***Todas as imagens são da internet

{{BEDA #12}} Clássicos que Todos Deveriam Ler

      Olá, Leitores, tudo de boa?

     Ultimamente estou lendo diversos clássicos, coisa que eu sempre tive uma certa dificuldade e posso dizer que até uma certa bronca. Ouvir coisas do tipo "não acredito que você nunca leu Dostoievski", ou "que tipo de professora de literatura você é se nunca leu Vidas Secas?" 

     E quer saber? Nunca li Dostoievski mesmo, nem Vidas Secas. E não tenho vontade de ler. Isso me torna uma pessoa péssima? A conclusão que eu cheguei, é não. Isso me torna um tipo de leitora que se agrada com outros tipos de leitura. 

     Mas, alguns clássicos sempre me pegaram pelo pé, comecei minha vida de leitora lendo os clássicos dos contos de fadas. Os irmãos Grimm e Andersen são clássicos, certo? Ainda na infância me lembro de ter lido Pollyanna - clássico -, aos 12 li Romeu e Julieta - clássico - e aos 16 li várias peças de Shakespeare. Aos 18, li A Testemunha Ocular do Crime, meu primeiro livro policial, meu primeiro de Agatha Christie.

     Claro também que aí depois li alguns de Jane Austen, O Morro dos Ventos Uivantes (nunca mais lerei, rs), O Grande Gatsby, Alice no País das Maravilhas, Viagem ao Centro da Terra. Amei alguns, outros não.

Imagem MLC



     Do ano passado pra cá, li alguns da Agatha, Lewis Carrol, F. Scott Fitzgerald, Jane Austen, JRR Tolkien. Ah, e li George Orwell, no mês passado. A Revolução dos Bichos. Incrível, atual, duro, rebuscado, fácil, ácido... Gostei muito.

     Enfim, só acho que todos deveriam ler esses clássicos. Não pelo fato de achar que clássico é melhor que contemporâneo, mas, pelo simples prazer de ler e descobrir que, mesmo há tanto tempo, as coisas não eram tão diferentes do que é hoje em dia. 

Imagem MLC



    Então, era isso!

Beijo e queijo!

    

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

{{BEDA #11}} Quarta-Feira: TAG Time - 10 Perguntas Literárias

      Olá, Leitores, tudo de boa?

     Vocês me conhecem, sabem que eu amo responder uma TAG, e encontrei essa bem legal sapeando em um blog já mais antigo, A Menina da Janela, e o título já é bem explicativo, né não? Eu tenho certeza que já respondi essa TAG em algum momento aqui no meu cantinho, mas, as coisas mudam com o passar do tempo, rs.

     Bora lá?

1. Qual é a capa mais bonita de sua estante? 

A Vida e a Obra de William Shakespeare, de Ari Berk. Apaixonadíssima não somente nessa capa, mas nesse livro todo!

Imagem MLC


2. Se pudesse trazer um personagem para a vida real, qual seria?

Mr. Darcy! Ou Peeta Melark, os dois homens da minha vida, hahaha. 

3. Se pudesse entrevistar um autor, qual seria?

Agora tenho certeza que já respondi essa TAG, pois eu me lembro de escrever que gostaria de entrevistar JM Barrie. Mas, não vou escolher novamente o mesmo autor, então, acho que seria super legal bater um papo com CS Lewis.

4. Um livro que você nunca lerá. Por que?

Nunca lerei Dracula, de Bram Stoker. Sou banana demais pra isso, hahahahah.

Imagem da internet



5. Uma história confusa:

Cadê o Meu Final Feliz da autora nacional Gih Cordeiro é incrível. Confuso em partes, mas isso tem um belo motivo: o livro traz personagens com transtornos mentais, então, foi totalmente justificada a confusão, e isso só nos deu mais vontade de aprender sobre o caso.

Imagem MLC

6. Um casal:

Não vou falar Lizzy Bennet e Mr. Darcy. Também não vou falar Katniss e Peeta. Então, fico com Day e June da saga Legend, distopia mais que maravilhosa!

7. Dois vilões (que você gosta ou não):

Luke Castellan de PJ&O e Jadis, a Feiticeira Branca, de as Crônicas de Nárnia.

Imagem da internet


8. Um personagem que você mataria:

Odeio o Gale, mas não o mataria, não. Gosto de pensar que ele vive com culpa a vida toda, hehehe. Então, bora matar o Caleb, da saga Divergente, porque o que aquele embuste fez, aff! Se bem, que também me agrada saber que ele sofre sozinho com a culpa

9. Se pudesse viver num livro, qual seria?

Da outra vez que respondi essa TAG, me lembro de ter colocado a região de O Jardim Secreto. Ainda acho que lá é perfeito, mas, Nárnia durante a Era de Ouro deve ser incrível!

10. Qual o maior e o menor livro da sua estante (em termos de páginas)?

O maior é o volume único de As Crônicas de Nárnia com 752 páginas,  o menor é Foi Por Você, de Ellen White, livreto de bolso com 24 páginas. Amo demais!

    Até a próxima!

terça-feira, 10 de agosto de 2021

{{BEDA #10}} Julgando Pela Capa

     Olá, Leitores, tudo de boa?

     Você já escolheu um livro apenas pela capa e se arrependeu? Ou ao contrário, achou a capa um horror e descobriu que o conteúdo era incrível? Pois é, isso já aconteceu comigo em ambos os casos. 

    Uns anos atrás eu já fiz uma postagem parecida com essa, mas, resolvi tentar entender se meu gosto ainda é o mesmo - fora que agora eu tenho novas capas, né não? Então, vou trazer aqui algumas das surpresas relacionadas a capas, com conteúdo interessante pra mim ou não. 

     Bora lá?

  • Percy Jackson & Os Olimpianos - O Ladrão de Raios - Rick Riordan.
Eu já tinha assistido ao filme Percy Jackson e o Ladrão de Raios, e confesso que gostei bastante. Quando soube que era livro, fiquei pensando se leria ou não, até que na facul, um colega comprou a coleção e, ao ler o primeiro livro me contou tão empolgado que eu quis ver a capa dele. A capa é simples, mas achei tão linda que quis ler imediatamente. E não me arrependi!

Imagem da internet


  • Jogos Vorazes - Suzane Collins.
Em contrapartida, as capas da saga dos jogos são horríveis, né não, gente? Ainda bem que o conteúdo é incrível!
Imagem MLC


Fala sério, como não amar essa capa? Eu já tinha lido os livros separadamente, mas, confesso que esse volume, eu comprei só pela capa.

Imagem da internet


Sim, vou falar novamente desse livro, hahahahah. Gente, eu tenho uma paixão tão incrível por essa capa! Ela traz muita simbologia, e só quem presta atenção aos detalhes que nota. A capa é preta, me fazendo pensar que traz toda a depressão de Kyle e como não via futuro. Os detalhes das roas em um tom de vermelho escuro, ao mesmo tempo mostra o amor que Kyle aprendeu a ter nas flores e na delicadeza das rosas, assim como a paixão por Lindy, que ele sufoca por ser literalmente uma fera e achar que não merece ser amado por ser feio. Pode ser que não seja nada disso, mas, eu penso assim, hahaha.

Imagem da internet


  • Escândalo!!! - Tammy Luciano.
Gente, por muito tempo eu fui doida por essa capa! Olha que maravilhosa, os responsáveis pela capa foram muito felizes em fazer no estilo de capa de revista! Eu amei muito!

Imagem da internet


  • Cadê o Meu Final Feliz? - Gih Cordeiro.
Não tenho palavras para descrever a beleza dessa capa!

Imagem MLC



Então era isso, people!

Até a próxima, beijoooo! ^.~