segunda-feira, 30 de abril de 2018

{{BEDA #30}} - Resenha #77: Thunderbolts - Fé em Monstros - Warren Ellis & Mike Deodato

Oisss!
Nem vou me demorar, resenha de HQ é difícil, e as minhas são longas, hahah.

Bora lá?

Imagem MLC
SINOPSE: Numa época em que a América perde a fé nos super-heróis, os Thunderbolts, ex-vilões sob o comando de Norman Osborn, nunca foram tão vitais. No entanto, as coisas não vão muito bem na Montanha dos Thunderbolts, pois conflitos internos ameaçam a ruptura do grupo. Com a equipe em alta nas pesquisas de opinião pública, a América está pronta para aceitar seus novos salvadores. Mas será que os Thunderbolts estarão à altura desse desafio?

     Então, essa foi uma das HQ’s mais difíceis que eu já li. Os acontecimentos dessa trama ocorrem pouco depois de os heróis terem duelado e ficado em lados opostos na famigerada Guerra Civil, deixando Capitão América e Homem de Ferro em lados opostos pela primeira vez. A população estava desacreditada dos heróis, mas, o governo foi muito filho da mãe ao colocar os vilões como “policiais”, como cuidadores da população. Sabe aquele famoso ditado que diz “dê ao homem poder e ele lhes mostrará a verdadeira face”? Pois é, dar poderes aos vilões não pode ser uma boa escolha. Enfim, depois da Guerra Civil, aconteceu exatamente isso, os Thunderbolts liderados por Norman Osborn – um cara que ama poder, venhamos e convenhamos – conta com um time poderoso de supervilões: Soprano, Venon, Mercenário, Homem Radioativo, Suplício, Espadachim E Rocha Lunar como líder de campo. Apesar de serem assassinos e psicopatas, essa superequipe de vilões é financiada pelo governo e tem plenos poderes para fazer o que quiserem, apenas Mercenário é desconhecido pelo público, e ninguém faz nem ideia de que ele está na equipe, pois, só é usado em casos extremos. 

Imagem MLC
 O público está aceitando bem os vilões, pois eles se mostram abnegados e altruístas. Alguns não querem fama de super-heróis nem ao menos desejam a redenção, mas, aceitaram o trabalho pois dessa forma poderiam infligir sofrimento aos heróis que não se registraram no programa do governo. Mas, as coisas são estranhas, apesar de eles serem um time, um vive tentando derrubar o outro. Venon e Mercenário querem a ruína de Osborn, Rocha Lunar quer o controle do grupo e Espadachim quer o clone de sua irmã que já morreu que é mantida pelo líder. Apenas Suplício está no time em busca de redenção, pois desde a destruição de Stamford durante a Guerra Civil, ele está estressado e como castigo, precisa estar nesse grupo. Fora que Osborn nada besta, tem o controle total de seus liderados: foram injetados com uma nanotecnologia – exceto Suplício e Rocha Lunar – que garante que eles vão cumprir ordens. Caso eles desobedeçam, os nanorobôs são ativados e paralisa – ou mata – o transgressor.

Imagem MLC
 Os caras estão tocando o terror geral na cidade e usando de manipulação de imagens para que o público veja o que eles querem que o público veja, e não a verdade. Por exemplo, ninguém vê o simbionte devorando o braço do Aranha de Aço, a luta brutal entre Mercenário e Jack Flag, mas, todos veem como os heróis que não aceitaram se registrar são perigosos para a população. Um cara que é pego de surpresa em uma briga vai fazer o quê? Se defender, certo? Isso acontecia, mas, as imagens eram manipuladas para que as pessoas pensassem que os heróis que atacavam os Thunderbolts à paisana. E é isso que tem acontecido, um caos que só!


     Assim como tudo tem o lado bom e o lado ruim, vimos diversos gibis trazendo os dilemas dos heróis e tals, mas, ver os vilões transformados em heróis é bem interessante, pois, temos um outro lado para torcer. Na verdade, apesar de eu ser bem do contra, eu não simpatizo com os vilões da Marvel, hahaha. Acho que quanto menos você gosta do vilão, mais prova que ele é bom. Por exemplo, detesto Norman Osborn, o que me faz crer que ele é um ótimo vilão... Deu pra entender? Ahahaha... Mas, não gostei muito dessa HQ, não. Ela é importante para dar sequência no enredo, eu sei, mas, achei um tanto enfadonho.

Imagem MLC
 Enfim, as coisas continuam ruins, cada vez piores, e notamos que o governo foi muito, muito, mas, muito infeliz em obrigar os heróis a divulgarem suas identidades. Como eu disse na minha resenha de Guerra Civil, eu entendi os dois lados defendidos, entendi os motivos de Stark para ficar a favor do governo, e entendi os motivos de Rogers por não apoiar essa campanha. O problema é que ninguém tinha noção da proporção que isso tomaria. E agora? Cada ação gera uma reação, certo? E com toda essa bagunça acontecendo, como será que o governo americano vai fazer para retomar o controle total de seu país? Fora que o desfecho do Mercenário foi INCRÍVEL!!! Acho que era exatamente o que ele merecia.... Ou precisava! Noss, como eu sou má, hahahahah... Para saber o que aconteceu com Mercenário, só lendo, rs!

Imagem MLC
 As cenas possuem tons bem escuros, para dar uma sensação de sufoco e aquele tom sombrio que essa trama pede, sabe. O ilustrador Mike Deodato (que é brasileiríssimo, da Paraíba) deu um show nas imagens para esse encadernado. Falando nisso, uma coisa que eu achei demais, é que em uma das cenas, ele colocou uma imagem dele mesmo sendo entrevistado pelo Jô soares, gente. Sério, não tô zoando, se não acredita, olha aqui embaixo e me diz se não é o Jô! Clica na foto e aumenta pra ver um detalhe na caneca! Já o roteiro fica por conta de Warren Ellis e num geral é bom, mas, eu não gostei muito como disse ali em cima. Porém, preciso destacar que algumas sacadas são muito da hora. Era engraçado por exemplo, quando alguém falava sobre aranhas perto de Osborn, qualquer coisa que levasse o nome “aranha” fazia o cara ter um ataque, isso era engraçado, hahahah. Ri muito nessas cenas!

Imagem da internet
 Enfim, galera, jogo a batata nas mãos de vocês. Leiam lá e depois me contem o que acharam. Ou quem já leu, me conta também. Quero interação, rs.

Vou ficando por aqui!


Thunderbolts: Fé em Monstros – Warren Ellis & Mike Deodato. Editora Salvat do Brasil, 160 páginas. Ah, recomendo para dar continuidade do enredo, mas, particularmente, não curti.

    E obrigada por ficarem comigo durante esses trinta dias, povo. Apesar de atrasar alguns posts, cumpri com meu papel, rs!


    Semana que vem eu volto, ok?

Beijos e queijos!

10 comentários:

  1. Bacana, tenho essa HQ tá na pilha de leitura faz um tempo, esse post é um incentivo a mais para ler ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Hilton!
      Fico feliz por ser uma incentivadora, rs!

      Beijoooo

      Excluir
  2. Oi, Cecy!
    Menina, eu não sou muito ler HQ não ó... Sei lá.. não me prende, sabe? Mas amei os bonecos do Cap e do Homem de Ferro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lu!
      Eu entendo, nem todos os livros são para todos os públicos, não é? Esses meus bonecos são tabajara, os originais são muito caros, hahahahah...

      Beijoooo 💖

      Excluir
  3. Oi Cecyyy, eu lia muito HQ na adolescência, depois por algum motivo me desfiz deles, acho que foi falta de espaço, não lembro. Hoje faz falta,vou anotar sua dica quem sabe um dia volte a ler, bjus e bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Joyce!
      Eu lia bastante na infância as HQs da Turma da Mônica e da Disney, não tinha muito acesso aos gibis de super-heróis, mas, me lembro de ler alguma coisa do Batman e do Demolidor. Pena que não tenho mais também...

      Beijoooo 💖

      Excluir
  4. Oieeeeee Cecyyyyyy
    Siiiiim resenha de HQ é mesmo difícil, acho que só fiz duas no bloguito e não consegui expressar o que queria :/
    Pena que VC não caiu de amores pela narrativa, massssss me deixou super curiosa, esse negócio de vilões se transformarem em heróis, confesso que achei super bacanudo!
    E tem ilustrações de um brazuca, não dá pra não"garrar" de amor.
    E o Jo então???
    Muito amorzinhooooo!
    É isso aí sua linda, terminou o BEDA em grande estilo, "hazooooo"
    Parabéns pela iniciativa e determinação
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Luliiii!!!
      Realmente não me agradou, mas, algumas coisas eram bem divertidas. Acho que você não deveria deixar de fazer resenhas de quadrinhos não, eu super apoio!

      Beijoooo 💖

      Excluir
  5. Oi Cecy ,eu sou meio ignorante em relação ao universo Marvel hehe
    Mas também acho que não ia gostar desse HQ , não achei a premissa interessante...achei até menos interessante do que "Esquadrão Suicida " que eu acredito ser o equivalente no universo DC

    Beijos

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Babi!
      Realmente não foi a melhor que eu li, mas, digamos que Thunderbolts seria o Esquadrão Suicida da Marvel (apesar de eu nunca ter lido Esquadrão Suicida, rs). É naquelas, a linha de raciocínio é o pós-Guerra Civil e suas consequências, então, e interessante saber o que aconteceu, mas, não faz muita diferença.

      Beijoooo 💖

      Excluir

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por